Mais uma vez, o racismo e a violência policial nos Estado Unidos fazem pessoas irem às ruas em manifestações por justiça. Os protestos começaram após um vídeo da morte de um homem negro circular nas redes sociais e portais de notícias. A filmagem, feita pelas câmeras embutidas nos uniformes dos agentes policiais mostra oficiais assassinando o homem negro.

Embora tenha ganhado força nesta semana, o crime aconteceu no dia 26 de junho.

Os policiais foram chamados para conter um homem que estaria com um revólver no carro ameaçando motoristas.

Jayland Walker, de 25 anos, foi baleado 60 vezes. Após morrer, foi comprovado que não havia nenhuma arma com o homem.

Os agentes envolvidos foram afastados. Eles afirmam ter agido de acordo com o treinamento que receberam.