Brasil – Uma travesti foi agredida por outras “colegas” de profissão após um programa, na manhã do último sábado (11), na região do Zero Quilômetro, em Várzea Grande. Ela foi espancada com socos, pontapés e deixada caída na rua.

As outras travestis descobriram o ocorrido e foram confrontá-la sobre o motivo dela não ter dividido o valor. Vídeos flagraram parte das agressões.

A primeira a agredir a vítima está com um pedaço de madeira em mãos e afirma: “E que isso fique de aprendizagem caso queira roubar”, enquanto a expulsa do motel.

Em outra gravação é possível ver as travestis “escoltando” a ladra para longe do local.

Logo em seguida, ela é levada para debaixo de uma árvore onde é agredida com vários socos e pontapés. Enquanto batem, as travestis gritam diversas vezes: “Cadê meu dinheiro? Cadê meu dinheiro?”.

Elas também dizem: “A gente te pegou, ladrazinha”, ao mesmo tempo que continuam as agressões.

No dia seguinte ao espancamento, a travesti agredida já estava de volta ao local para um novo dia de trabalho, como se nada tivesse acontecido.

A polícia não foi acionada.

Veja vídeo:

Fonte: Reporter MT