Fortaleza – A atitude de uma menina de 4 anos de idade repercutiu nas redes sociais pela inocência em uma situação inusitada. A criança protegeu uma catita que foi morta pelo gato da família, enquanto a tia da criança tenta convencê-la que pode ser perigoso segurar o animal. O caso aconteceu em Fortaleza, capital do do Ceará.

O vídeo, publicado pela tia da menina no TikTok, mostra a pequena Júlia de costas, segurando o pequeno roedor nas mãos e chorando, tentando proteger o bichinho. A tia da menina fala que a criança pensa que a catita é um animal de estimação.

A situação arrancou risadas dos familiares que ficaram preocupados. “Júlia larga esse rato, tem doença mulher”, diz a tia da menina. Ao final da gravação, a mãe da criança aparece com um saco plástico e pede para Júlia jogar o animalzinho já sem vida.

Em entrevista ao UOL, Crislândia disse ter ficado surpresa com a repercussão do vídeo e falou que havia inicialmente compartilhado apenas com a avó da menina. “Queria mostrar para ela como a neta é capaz de fazer tudo para proteger os bichos”, disse.

“Ela não pode ver animal nenhum, porque adora todos. Ela tem um gato desde novinho, desde que nasceu ela é grudada. Ela vê uma formiga e fala: ‘olha, que bonitinha!’ e quer até criar a formiga em casa. Mas ela sempre diz que quando crescer quer ser protetora dos animais”, contou a tia.

Fonte: D24am.