Aproximadamente 900 servidores de 25 secretarias e órgãos atuarão na distribuição dos cartões na capital e interior do estado

O governador Wilson Lima anunciou, nesta sexta (05/11), que os beneficiários do Auxílio Estadual permanente em Manaus já podem consultar onde e quando irão receber o cartão que dá direito ao valor mensal de R$ 150. A consulta pode ser feita em www.auxilioestadual.com.br, informando o CPF.

Para as entregas, o Governo do Amazonas montou nove postos em todas as zonas de Manaus, e os cartões começam a ser entregues na quarta-feira, dia 10 de novembro. Quem mora no interior já pode consultar se será contemplado com o benefício, os locais e datas para retirada dos cartões serão informados nos próximos dias.

O total de 300 mil famílias nos 62 municípios serão beneficiadas com o auxílio que é considerado o maior programa de transferência de renda da história do Amazonas e que vai garantir segurança alimentar da população em situação de pobreza e extrema pobreza.

“Nós temos um quantitativo significativo de pessoas que ficaram prejudicadas por conta da pandemia. Houve uma retração das atividades econômicas, aquelas pessoas que trabalhavam na informalidade foram as mais prejudicadas e hoje nós temos pessoas que não tem o que colocar no prato, na mesa, para sustentar as suas famílias. Então esse é um recurso que vem numa hora importante, esse é um recurso que ajuda muito essas famílias, que às vezes não tem, de fato, como garantir segurança alimentar”, disse o governador.

Todas as 25 secretarias e órgãos envolvidos na entrega dos cartões do Auxílio Estadual permanente assinaram um termo de cooperação técnica. Aproximadamente 900 servidores serão mobilizados para a distribuição dos cartões na capital e interior do estado.

Wilson Lima destacou que o auxílio vai permitir a injeção mensal de R$ 45 milhões na economia do estado. Nesta sexta-feira, foi iniciada a conferência dos primeiros cartões que já foram confeccionados.

O projeto de lei do Governo do Amazonas que institui o benefício foi aprovado pelos deputados estaduais em 27 de outubro. Wilson Lima destacou que o auxílio passará a ser pago independentemente de até quando possa se estender a pandemia do novo coronavírus.

Critério de acesso ao benefício – Todas as famílias a serem beneficiadas pelo Auxílio Estadual estão inscritas no Cadastro Único (CadÚnico) do Governo Federal. O CadÚnico é o conjunto de informações sobre as famílias brasileiras em situação de pobreza e extrema pobreza criado para implementação de políticas públicas capazes de promover a melhoria da vida das mesmas.

Tecnologia, segurança e transparência – Para a entrega do cartão, será utilizado o aplicativo Sasi. Serão inseridos dados da família beneficiada e será feito o registro fotográfico do beneficiário. São procedimentos para garantir a segurança e a transparência na concessão do benefício. Os servidores foram treinados para usar o aplicativo.