O Brasil registrou no último mês de abril o menor número de mortes por
Covid-19 desde março de 2020, quando os primeiros óbitos foram
notificados em decorrência da pandemia. Dados do Ministério da Saúde
mostram que em todo o país 3,7 mil pessoas morreram pela doença no
mês passado. O número corresponde a uma queda de 95,4% nas mortes
em relação a abril de 2021, o mês com o maior número de óbitos em toda
a pandemia.
A queda nos registros acontece em decorrência do avanço da maior
campanha de vacinação já realizada em todo o Brasil. Só em Manaus, mais
de 1,8 milhão de pessoas já tomou a primeira dose da vacina contra o
coronavírus. Destes, 1,5 milhão também está com a segunda dose e 716
mil pessoas tomaram também a terceira dose. Uma pesquisa
encomendada pelo Ministério da Saúde aponta que a terceira dose amplia
ainda mais a imunidade contra a Covid-19. Por isso, é tão importante que
mais pessoas reforcem a vacinação.
Na capital amazonense, segundo a Secretaria Municipal de Saúde (Semsa),
644.561 estão dentro do prazo para tomar a terceira dose, mas ainda não
buscaram as unidades de saúde que ofertam a vacina.
Para garantir a imunização da população, a prefeitura disponibiliza
semanalmente dezenas de pontos de vacinação, incentivando aqueles que
ainda não iniciaram o ciclo vacinal ou estão com doses em atraso a
fortalecer a cobertura vacinal na cidade.
A terceira dose é ofertada diariamente, de 9h as 16h, e está liberada para
todas as pessoas com 18 anos ou mais, e adolescentes de 12 a 17 anos
que possuam alto grau de imunossupressão.
Os endereços dos locais de atendimento para a aplicação da terceira dose
podem ser conferidos no link bit.ly/localvacinacovid19.
Você pode também obter mais informações relacionadas à campanha de
imunização no site da Semsa (semsa.manaus.am.gov.br) e nas redes
sociais da secretaria (@semsamanaus no Instagram, e Semsa Manaus no
Facebook).
Então, separe um documento de identidade com foto, o cartão de vacina,
consulte a UBS mais próxima em semsa.manaus.am.gov.br e garanta sua
imunização. Somente com a terceira dose continuaremos avançando,
deixando a Covid-19 no passado.