Manaus (AM) – Antônio de Souza de Lima, que artisticamente ficou conhecido como ‘Mococa’, morreu aos 88 anos, na manhã dessa segunda-feira (23), em Manaus.

O estilista costurou diversas roupas de destaque para as escolas de samba na capital amazonense, que fizeram grande sucesso nos anos de 1960 e 1970 e o tornaram um ícone da moda e das múltiplas manifestações culturais da região.

Por ser um homem homossexual, o artista enfrentou a discriminação, a perseguição e a violência. Foi um dos precursores na luta por liberdade da sexualidade.

Mococa durante oito anos ajudou a ‘Campanha Doe Seu Cabelo e Faça uma Mulher Feliz’ com próteses capilares que eram distribuídas para todo o Brasil a mulheres e crianças vítimas de câncer e escalpelamento.

Fonte: Yahoo