Treinador do Santos celebrou o bom início do Peixe na competição nacional, mas manteve os pés no chão: “Temos que ter calma”

A vitória por 3 a 0 do Santos sobre o América-MG, e consequente liderança do Campeonato Brasileiro, deixou o técnico Fabián Bustos bastante satisfeito neste domingo (24). A euforia, no entanto, foi contida pelo próprio comandante em virtude do que virá pela frente.

“Conseguir sete pontos em nove possíveis é algo maravilhoso. Temos mesmo que comemorar. Mas temos de lembrar que estamos disputando um campeonato muito longo e com grandes equipes envolvidas na disputa. Então, temos que ter um pouco de calma”, afirmou o treinador em entrevista coletiva.

O treinador evitou falar em estratégia ideal. Disse que vem trabalhando com várias formatações táticas e muito do que pretende usar nos próximos compromissos vai depender das circunstâncias.

“O sistema tático que utilizamos contra o América-MG foi bom. Tivemos pontos médios e pontos altos no decorrer da partida. Mas tudo vai depender do momento. Não podemos ter só uma estratégia. Vamos trocar o esquema dependendo do que queremos e também de como está cada jogador (fisicamente)”, disse o treinador.

Outro destaque que o técnico argentino destacou foi o fato de o goleiro João Paulo não ter deixado o campo como protagonista. “Isso é um ótimo sinal, pois mostra que o time está conseguindo jogar e evidentemente corre menos riscos.”

O Santos agora vai ter três confrontos pela frente como visitante. A primeira batalha vai ser pela Sul-Americana, onde viaja para o Chile a fim de enfrentar o Unión La Calera. Em seguida, a equipe retorna para o Brasil e enfrenta o São Paulo na próxima segunda-feira (2/5) no Morumbi.

Elenco e comissão técnica voltam a arrumar as malas para uma nova viagem internacional, pois no dia 5, quinta-feira da outra semana, o desafio é diante da Universidad de Quito, novamente em duelo pelo torneio continental.

 

 

Fonte: R7

Foto: Divulgação