Amazonas – Para apresentar o painel epidemiológico e indicadores da Rede Nacional de Vigilância Epidemiológica Hospitalar (Renaveh), usado de forma interna pelos profissionais de saúde, a Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas – Drª Rosemary Costa Pinto (FVS-RCP), vinculada à Secretaria de Estado de Saúde do Amazonas (SES-AM), realizou, nesta quinta-feira (19/05), uma reunião mensal com os Núcleos de Vigilância Epidemiológica Hospitalar (NVEH) de Manaus.

O painel epidemiológico é usado para identificar as Doenças de Notificação Compulsória (DNC) e Doenças de Notificação Compulsória Imediata (DNCI) nos Núcleos de Vigilância Epidemiológica Hospitalar (NVEH). A ferramenta foi produzida pela Sala de Situação de Análise de Saúde (SASS) em parceria com a coordenação estadual da Rede de Vigilância Epidemiológica Hospitalar (REVEH).

A diretora-presidente da FVS-RCP, Tatyana Amorim, destaca que o painel disponibiliza os indicadores por doenças de forma mais rápida e em tempo real. “Com o painel epidemiológico, os núcleos são fortalecidos e deste modo, as informações geradas podem contribuir para tomadas de decisão do gestor local e assim direcionar as ações de prevenção compatíveis com as principais doenças”, afirma Tatyana.

No painel são usados quatro bancos de dados: Sistema de Informação de Agravos de Notificação (Sinan), Sistema de Informação de Agravos de Notificação online (Sinan Online), específico para notificação de dengue e Chikungunya; Sistema de Informação de Vigilância Epidemiológica da Gripe (Sivep – Gripe) e Sistema de Informação de Vigilância Epidemiológica da Malária (Sivep – Malária).

“Esse painel é um marco para vigilância epidemiológica hospitalar no Amazonas, pois estamos conseguindo seguir os moldes de outros estados que já tem o painel, com uma tecnologia inovadora. Enquanto alguns usam o Excel, a gente usa um sistema já utilizado para os boletins de covid-19, por exemplo”, destaca Andréia Santos, coordenadora estadual do REVEH.

Renaveh

A Rede Nacional de Vigilância Epidemiológica Hospitalar (Renaveh) foi instituída pelo Ministério da Saúde, em julho de 2021, com o objetivo de fortalecer o monitoramento e o preparo para a vigilância de potenciais emergências em saúde pública no âmbito hospitalar.

No Amazonas, são 79 núcleos de Vigilância Epidemiológica Hospitalar.

Referência

A FVS-RCP é responsável pela Vigilância em Saúde do Amazonas. A instituição funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, na avenida Torquato Tapajós, 4.010, Colônia Santo Antônio, Manaus. Os números para contato são (92) 3182-8550 e 3182-8551.