Nos sete primeiros meses de 2023, o Departamento Estadual de Trânsito do Amazonas (Detran-AM), por meio do programa Detran Cidadão no Interior, beneficiou mais de 16 mil pessoas, de acordo com levantamento da Gerência de Educação para o Trânsito da instituição. As ações ocorreram em nove municípios, e tiveram como principal objetivo ofertar serviços e atividades para o público em geral.

Ainda de acordo com o balanço, nesse período, foram entregues 1.753 kits de capacete e colete oriundos do projeto “Motociclista Legal”; realizadas blitzes educativas que atingiram 1.262 pessoas; promovidas palestras para 1.843 mototaxistas, além de palestras nas escolas com a participação de 11.729alunos.

Segundo o diretor-presidente do Detran-AM, Rodrigo de Sá, o programa “Detran Cidadão no Interior” surgiu para aproximar cada vez mais a instituição dos municípios, conforme determinação do governador do Estado, Wilson Lima, levar ao cidadão serviços e mais conhecimento sobre o trânsito.

“Sabemos que, por vezes, a população carece de atendimento. Por isso, o programa se propõe a levar ao interior do nosso Estado este tipo de iniciativa, com uma estrutura diferenciada, para que todos possam ter acesso a um atendimento de qualidade, além, claro, de levar nossos projetos sociais aos cidadãos”, explica o diretor-presidente.

Ainda dentro do pacote do programa “Detran Cidadão no Interior”, estão presentes a Gerência de Cursos, a equipe de Fiscalização do Detran Amazonas, além da Gerência de Educação para o Trânsito.

Os municípios atendidos, até o momento, foram Autazes (distante 113 quilômetros de Manaus); Barreirinha (distante 331 quilômetros da capital); Codajás (distante 240 quilômetros de Manaus); Iranduba (distante 27 quilômetros de Manaus); Juruá(distante 674 quilômetros de Manaus); Nhamundá (distante 383 quilômetros da capital); Parintins (distante 369 quilômetros de Manaus); Presidente Figueiredo(distante 117 quilômetros de Manaus)e Tonantins (distante 865 quilômetros de Manaus).

*Foto: Divulgação/ Detran-AM