TCE


Organizado pelo Sebrae Amazonas, em parceria com o governo do Estado, evento reuniu artesãos de seis municípios e 06 empresários brasileiros que atuam no mercado nacional e internacional

O artesanato de Presidente Figueiredo, produzido de forma sustentável, com insumos naturais, sementes, fibras e madeiras de reaproveitamento, entrou no radar de empresários brasileiros que atuam na comercialização desses produtos no mercado internacional.

Nesta terça-feira (16/05), um grupo de artesãos do município, participou de rodada de negócios, organizada pelo Serviço de Apoio a Pequena e Média Empresa do Amazonas (Sebrae-AM), com apoio do governo do Estado, no Shopping do Artesanato, em Manaus, quando puderam expor seu trabalho para um grupo de empresários brasileiros, que atuam no exterior.

Durante a rodada de negócios, o grupo de artesãos, capitaneados pela prefeitura do município, por intermédio da Secretaria Municipal de Turismo, Empreendedorismo e Comercio (Semtec), teve a oportunidade conversar e abrir um canal de negociação com os empresários, bem como, entender somo se dá a logística para como seus produtos poderão chegar aos outros estados do país e também ao mercado internacional.

“A proposta da prefeita Patrícia Lopes é incentivar e induzir o desenvolvimento do artesanato local, por meio da valorização e incentivo da cultura empreendedora, trabalho que vem sendo feito, desde o ano passado, em parceria com o Sebrae Amazonas, que oferece cursos, oficinas e workshops para os nossos artesãos. E, é isso que estamos fazendo, cumprindo a determinação da nossa prefeita”, afirma o titular da Semtec, Edvan Caria.

Os artesãos figueiredenses apresentaram durante a rodada de negócios produtos sustentáveis como acessórios, artigos de decoração e peças decorativas produzidas com insumos naturais, sementes, fibras e madeiras de reaproveitamento.
“O artesanato de Presidente Figueiredo começa a ter um espaço maior no Amazonas e tem se revelado atraente aos olhos das empresas e instituições que atuam nesse segmento de mercado, porque é um produto diferenciado, com identidade e uma grande preocupação com a sustentabilidade”, destaca Edvan Caria.

Além dos artesãos de Presidente Figueiredo, também participaram da rodada de negócios, empreendedores de Novo Airão, Rio Preto da Eva, Benjamin Constant, São Gabriel da Cachoeira e Itacoatiara. O grupo de empresários que participou do evento veio do Rio de Janeiro, Belo Horizonte e São Paulo.

Na avaliação do secretário executivo da Secretaria de Trabalho e Empreendedorismo do Amazonas (Setemp), Paulo Gilson, o objetivo do evento, de colocar frente a frente os artesão do interior do Amazonas e compradores brasileiros, para que eles pudessem “conhecer e se abastecer dos produtos e levar o artesanato do Amazonas para o Brasil e mundo”, foi plenamente atingido.

 

 

Fonte: Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Presidente Figueiredo

Foto: Divulgação