Grupo formado por seis profissionais da unidade foi aprovado em certame que incluiu prova teórica e de títulos

Fisioterapeutas do Hospital e Pronto-Socorro (HPS) 28 de Agosto, unidade vinculada à Secretaria de Estado de Saúde (SES-AM), receberam o título de Especialistas em Terapia Intensiva Adulto e em Fisioterapia Neurofuncional. A titulação nessas especialidades foi concedida pelas Associações Brasileiras de Fisioterapia Cardiorrespiratória e Fisioterapia em Terapia Intensiva (Assobrafir), de Fisioterapia Neurofuncional (Abrafin) e pelo Conselho Federal de Fisioterapia e Terapia Ocupacional (Coffito).

Para a diretora do HPS, Júlia Marques, é motivo de orgulho a conquista desses profissionais da unidade.

“Reconhecemos a excelência da nossa equipe, não só pelos títulos conquistados, mas pela dedicação de cada um, pelo amor com que desempenham suas funções e o profissionalismo que edificam e levantam a bandeira de que o 28 de Agosto é uma unidade que tem os melhores profissionais de saúde. Fico muito feliz com essa vitória profissional dos nossos fisioterapeutas. É uma demonstração de garra e de busca constante pela excelência”, salienta a gestora.

O coordenador do setor de Fisioterapia do HPS 28 de Agosto, Alessandro Magno, ressaltou que o título conquistado engrandece tanto o currículo de cada profissional quanto da unidade de saúde onde eles desenvolvem um trabalho.

“Mostra o nível alto dos profissionais que labutam no hospital 28 de Agosto, com empenho pessoal constante em se manter atualizado e buscando o melhor para o paciente que procura nossa unidade”, disse o coordenador.

Os novos especialistas em Terapia Intensiva Adulto são: Bruno Alexandre Mendes Cardoso, Carla Loureiro da Fonseca, Julyane Maury Pereira e Maurício Miguel Tapajós. Já na especialidade de Fisioterapia Neurofuncional foram intitulados Vanessa Christina Costa da Silva e Raynara Fonseca dos Santos.

Especialidade – O título é concedido por meio de um certame, composto de prova teórica, objetiva e discursiva, e de títulos, que busca reconhecer a qualificação técnico-científica e comprovar que o profissional tem a qualificação necessária para atuar na especialidade de Fisioterapia Intensiva. Os profissionais do HPS receberam o título no dia 23 de março.

Essa especialidade é reconhecida e disciplinada pelo Coffito por intermédio da Resolução nº 402/2011, que tem como responsabilidade a aplicação de técnicas, métodos e recursos de expansão pulmonar, remoção de secreção, fortalecimento muscular, recondicionamento cardiorrespiratório e suporte ventilatório do paciente crítico ou potencialmente crítico, avaliação da instituição do suporte de ventilação não invasiva, participando e conduzindo protocolos de desmame da ventilação mecânica, entre outras atribuições.

 

 

 

Fonte: Assessoria de Imprensa do HPS de Agosto

Foto: Divulgação