Amazonas – O governador Wilson Lima assinou, nesta quarta-feira (06), convênios que somam cerca de R$ 32,7 milhões com as prefeituras de Tefé e Rio Preto da Eva (a 523 e 57 quilômetros de Manaus respectivamente). Os convênios são para recuperação do sistema viário e de um ramal de Rio Preto da Eva e a pavimentação em concreto do bairro do Abial, em Tefé.

“Faço questão de assinar esses convênios com as prefeituras porque elas sabem quais são os problemas e as necessidades de quem vive no interior. Quando a gente pavimenta uma rua a gente leva dignidade para os moradores”, disse o governador.

Os convênios estão sob a supervisão da Unidade Gestora de Projetos Especiais (UGPE). De acordo com o coordenador executivo do órgão, engenheiro civil Marcellus Campêlo, o convênio assinado com a prefeitura de Tefé tem o valor global de R$ 15,2 milhões, sendo 14,9 milhões do Estado e R$ 307 mil do município, para serviços de pavimentação em concreto, calçadas, meio-fio, sarjetas, drenagem, sinalização horizontal e vertical no bairro Abial.

Serão feitos 5,9 quilômetros de vias com pavimentação em concreto, implantados 11,6 quilômetros de calçadas, 11,6 quilômetros de meio fio, e 11,6 quilômetros de sarjeta.

O convênio firmado com a Prefeitura de Rio Preto da Eva para recuperar o sistema viário do município tem valor global de R$ 7,8 milhões, com R$ 7,7 milhões do Estado e R$ 157,3 mil do município. As obras vão melhorar as condições de trafegabilidade, reduzindo os riscos de acidentes com uma melhor infraestrutura, contribuindo para o bem-estar social da população local.

Outro convênio com o município é para recuperar o ramal ZF-7. Serão investidos: R$ 10,2 milhões, sendo R$ 10 milhões do Estado e R$ 216,8 mil de contrapartida do município.

Os investimentos em Rio Preto da Eva formam anunciados pelo governador no último dia 1º, durante a programação para comemorar os 40 anos do município.

Os convênios integram um pacote de ações que o Governo está realizando em vários municípios. Sob a gestão da UGPE são 55 convênios vigentes ou em tramitação com 27 municípios, incluindo Manaus.

Fotos: Diego Peres/Secom