A assistente social Gemille Fernandes, 34, foi uma das primeiras atendidas na Ação de Cidadania promovida pelo Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania (Sejusc) neste sábado (25/09), na Escola Municipal Jamel Amed, localizada no município de Itacoatiara (distante 176 quilômetros de Manaus).

Com a 1ª via do Registro Geral (RG) do filho, Antônio Fernandes, de um ano e três meses, em mãos, ela conseguiu dar entrada na Carteira de Identificação para Pessoa com Transtorno do Espectro Autista (Ciptea).

“Meu filho foi diagnosticado com autismo e eu precisava desse documento para solicitar a carteira dele. Já dei entrada e vamos esperar ficar pronto, mas com certeza esse benefício vai nos ajudar muito”, disse.

Além desses serviços, a ação da Sejusc, realizada em parceria com a Prefeitura de Itacoatiara, também contou com emissão de Registro Civil de Nascimento (RCN), solicitações do Passe Legal e Carteira de Identificação para Pessoa com Deficiência (CiPcD), orientação sobre o projeto Idoso Empreendedor, além de cortes de cabelo, esmaltação e design de sobrancelhas.

A secretária Mirtes Salles, titular da Sejusc, destaca que a ação faz parte de uma iniciativa do governador Wilson Lima para levar cidadania ao interior do Amazonas.

“Semana passada estivemos em Rio Preto da Eva, agora estamos em Itacoatiara. A Sejusc sempre estará disposta a levar todos os serviços oferecidos por nós na capital aos municípios do interior. Nossa missão enquanto Governo é garantir os direitos da população com eficácia”, disse a gestora.

 

Na noite de sexta-feira (24/09), o secretário executivo de Direitos da Criança e Adolescente da Sejusc, Emerson Lima, dialogou com psicólogos, assistentes sociais, diretores de escolas, conselheiros tutelares e representantes do Centro de Referência de Assistência Social (Cras) e Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas), do município para tratar sobre melhorias no atendimento a crianças e adolescentes.

O secretário Emerson ouviu as demandas dos gestores e se comprometeu em disponibilizar a estrutura da pasta para levar capacitação ao município, a fim de oferecer melhores condições no tratamento a esses públicos.

FOTOS: Eduardo Santos/Sejusc