Inscrições podem ser feitas até o dia 23 deste mês para atuação temporária na rede de saúde da capital

O Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Saúde (SES-AM), lançou, neste sábado (15/01), edital de chamamento público emergencial para contratação temporária de profissionais da área de saúde pelo período de 30 dias, podendo haver prorrogação do contrato. As vagas estão disponíveis para nove áreas de atuação, e os interessados podem efetuar as inscrições até o dia 23 deste mês.

As vagas disponíveis no edital são para as funções de assistente social, enfermeiro, técnico de enfermagem, farmacêutico, farmacêutico bioquímico, fisioterapeuta, médico clínico geral, nutricionista e psicólogo. Os interessados podem se inscrever por meio do site da Secretaria de Saúde: www.saude.am.gov.br/servico/pss_2021_01.php.

De acordo com o secretário de Saúde, médico Anoar Samad, a medida foi adotada levando em consideração o alto nível de transmissão da variante Ômicron e a consequente contaminação dos servidores da saúde, linhas de frente no combate ao vírus. Segundo Samad, a contratação destes novos profissionais é uma ação preventiva do Estado para evitar a falta de recursos humanos no atendimento da população.

“Com a transmissibilidade muito alta dessa variante Ômicron, os profissionais de saúde também estão se contaminando muito. E, conversando aqui no gabinete de crise, o governador Wilson Lima prontamente autorizou, e a PGE está nos orientando. Vamos contratar profissionais de saúde. É muito importante isso, porque muitos profissionais vão acabar se contaminando”, explicou o secretário.

Conforme a SES-AM, por ser um edital de caráter emergencial, não foi definido número de vagas de contratação. Os profissionais cadastrados e selecionados serão convocados de acordo com a demanda da rede de saúde na capital.

Critérios gerais – Para a contratação será obrigatória a apresentação da carteira de vacinação de Covid-19 com a aplicação da dose de reforço.

Além disso, não serão aceitas inscrições de candidatos com idade igual ou superior a 60 anos, gestantes e lactantes, portadores de doenças crônicas, por se enquadrarem no grupo em que a Covid-19 pode se manifestar de forma mais grave.

Todas as contratações serão publicadas no Diário Oficial do Estado (DOE). O não comparecimento do candidato convocado implicará sua eliminação do certame.

FOTOS: Diego Peres/Secom e Arthur Castro/Secom