Manaus/AM – O show “A Volta do Que Não Foi”, de Whindersson Nunes, só começa às 20h30, mas o público quis chegar bem cedo na Arena da Amazônia, na avenida Constantino Nery. Ainda durante a tarde e mesmo debaixo de chuva, fãs já faziam fila para entrar no estádio e esperar pelo humorista.

Com um carinho especial por Manaus, Whindersson anunciou que este será o maior show da sua carreira, em quantidade de público. São aguardadas 30 mil pessoas – quantidade máxima permitida na Arena da Amazônia pelo decreto devido à pandemia da Covid-19.

A capacidade do estádio é de 60 mil, mas com o decreto, 50% da capacidade é o máximo permitido.

Ao chegar em Manaus, Whindersson fez questão de lembrar o público para tomar todos os cuidados como: levar comprovante de pelo menos 2 doses da vacina contra covid-19, e máscara.

Outros detalhes para evitar que o vírus se espalhe são:  o público não poderá ficar em pé e fica proibida a venda e consumo de bebidas alcoólicas.

A Vigilância Sanitária também vai monitorar ocorrências de aglomeração de pessoas e desrespeito aos protocolos de prevenção contra covid.