O Tribunal Superior Eleitoral (TSE), em votação apertada, decidiu nesta quinta-feira (7) pela realização de novas eleições em Coari.

Dos sete ministros, quatro entenderam que a vitória de Adail Pinheiro em 2012 conta como um mandato dentro do mesmo núcleo familiar, mesmo tendo sido substituído pelo adversário Magalhães após decisão judicial. Assim a vitória esmagadora de Adail Filho terá segundo round.

Keitton é o favorito

Quem deve substituir Adail Filho nas eleições suplementares deverá ser Keitton Pinheiro. Vice de Filho nas eleições de 2020, deverá repetir a mesma votação, já que o grupo vê no recurso da oposição mais uma tentativa de golpe.
O grupo político de Adail nunca perdeu uma eleição em Coari e isto é outro ponto a favor de Keitton, que também é reconhecido por garantir quando presidente da Câmara o apoio às políticas públicas realizadas por Adail.