TCE


Reunido com as diretorias dos cinco hospitais considerados de excelência pelo Ministério da Saúde no país, os Hospitais Albert Einstein, Sírio e Libanês, Hospital do Coração e Oswaldo Cruz, todos em São Paulo, e o Moinhos de Vento, em Porto Alegre, deputado federal Marcelo Ramos (PL-AM) anunciou que todos os dirigentes das unidades se comprometeram em disponibilizar, gratuitamente, ferramentas de gestão às Secretarias de Saúde de todos os municípios do Amazonas. 

“Estamos agendando a vinda dos diretores a Manaus para uma audiência pública na Assembleia Legislativa, onde serão apresentadas as ferramentas, que servirão de apoio à elaboração dos Planejamentos Estratégicos das Secretarias de Saúde do nosso estado, por meio do Programa PROADI-SUS, um programa de promoção de melhoria nas condições de saúde da população”, informou Ramos.

Além da a elaboração do Planejamento Estratégico para Secretarias de Saúde, os programas a serem disponibilizados consistem em consultoria nas áreas de qualificação da Saúde Pública, capacitação e qualificação do capital humano nas unidades de saúde, formação de gestores, trabalhos de prevenção à infecção hospitalar, entre outros, explicou Marcelo Ramos.
 
A articulação com os hospitais de excelência inclui, ainda, o apoio do secretário de Saúde do Interior do Amazonas, Cássio Espírito Santo, e a deputada estadual, Mayara Pinheiro, que preside a Comissão de Saúde da Aleam, que irão organizar entre o final de setembro e o início de outubro a audiência onde os diretores mostrarão os benefícios da adesão aos programas que serão cedidos. 
                   
“Outra ação que deverá ser implantada é um projeto de diagnóstico de hepatite C e D no Amazonas, que tem os maiores índices de prevalência do Brasil. Como os sintomas da doença só aparecem quando a situação já está grave, o diagnóstico quase sempre é tardio e as consequências mais graves”, revelou o parlamentar.