InícioPOLÍCIA'Matei, fui traído', diz marido preso suspeito de matar esposa

‘Matei, fui traído’, diz marido preso suspeito de matar esposa

Na noite de quarta-feira (19), Dadie B., empresário de 39 anos, foi preso em flagrante pelo brutal assassinato de sua esposa, Carla V, de 29 anos, em Santana de Parnaíba, na Grande São Paulo. O crime ocorreu no apartamento do casal, onde Dadie desferiu pelo menos 17 facadas contra Carla.

Segundo relatos de guardas civis municipais, que testemunharam a cena, Dadie confessou o crime enquanto era algemado, alegando ter sido traído. O Metrópoles apurou que o empresário é um dos proprietários de um restaurante na zona norte da capital paulista.

O irmão mais novo da vítima, Kaic Vieira, de 25 anos, também residente no mesmo apartamento e relatou à polícia ter ouvido uma discussão entre o casal no quarto, que logo terminou em violência física.

Ao abrir a porta do quarto, Kaic encontrou Dadie atacando Carla com facadas no peito. Ele conseguiu intervir e levou a irmã até a cozinha, mas Dadie retornou e desferiu mais golpes nas costas de Carla, que desmaiou.

Imagens de uma câmera de monitoramento mostraram o suspeito segurando a faca usada no crime próximo ao elevador do prédio. Minutos depois, guardas municipais foram vistos transportando Carla, ainda com vida, para a UPA Fazendinha, onde ela acabou falecendo.

Dadie foi encontrado pela polícia, e enquanto era algemado, gritava: “Matei ela. Fui traído, por isso matei”.



Artigos Relacionados

LEIA MAIS