InícioEDUCAÇÃOMinistério abre 4 mil vagas em cursos sobre garantia dos direitos de...

Ministério abre 4 mil vagas em cursos sobre garantia dos direitos de crianças

A ação ocorre em parceria com a Secretaria dos Direitos da Criança e do Adolescente da UnB. Inscrições estarão abertas até 29 de outubro

Em comemoração ao Dia das Crianças, o Ministério dos Direitos Humanos e da Cidadania (MDHC) abriu nesta quinta-feira (12/10) 4 mil vagas para cursos que abordam sobre a garantia dos direitos de crianças e adolescentes.

A ação ocorre por meio da Secretaria Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente. Os cursos, na modalidade de especialização e extensão universitária, serão realizados na modalidade à distância (EaD), por meio da Escola Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente.

Serão ofertados quatro opções de cursos, voltados ao enfrentamento de violências, sistema socioeducativo, primeira infância e garantia de direitos. O Ministério conta com a parceria da Universidade de Brasília (UnB) para o lançamento da ação.

A realização dos cursos faz parte da Carta Acordo com a UnB, realizada por meio de um Projeto de Cooperação Internacional, pactuado entre o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento e o Ministério dos Direitos Humanos, com o objetivo de consolidar a polícia nacional de formação continuada para os direitos da criança e do adolescente.

Cursos

Serão abertas 1.900 vagas para especialização e o restante para a modalidade de extensão. Os cursos abordarão os temas: enfrentamento das violências contra crianças e adolescentes; políticas públicas e socioeducação; garantia dos direitos e política de cuidados à criança e ao adolescente; e primeira infância: direitos, proteção e enfrentamento das violências.

Os cursos são destinados a pessoas que trabalham ou tenham interesse no Sistema de Garantia de Direitos da Criança e do Adolescente, estudantes graduados, pesquisadores, profissionais de áreas correlatas e profissionais de imprensa.

As inscrições foram abertas hoje (12) e poderão ser feitas até 29 de outubro, por meio do site do Ministério. Clique aqui e se inscreva!

 

Fonte: Correio Braziliense

Foto: Lucas Pacifico


Artigos Relacionados

LEIA MAIS