O motorista do DJ Ivis, Charles Barbosa de Oliveira, comentou nesta quarta-feira (14) sobre a prisão do cantor. Em frente à Delegacia Metropolitana da Polícia Civil de Eusébio, no Ceará, ele falou com a imprensa sobre ter presenciado a agressão de Ivis à então esposa, Pamella Holanda.

“Eu travei. Fiquei parado sem acreditar no que estava acontecendo. Só na hora que as coisas acontecem sabemos o que se passa. Não sabia o que fazer. Em algumas confusões eu chamei a polícia. Nunca resolveram nada. Ele (DJ Ivis) mandava voltar e os policiais diziam que era uma briga de casal”, contou ele ao Uol.

O motorista, que foi criticado por não ter feito nada enquanto Pamella era espancada pelo DJ, afirma que não pretende justificar as ações de Ivis.  “Não estou aqui justificando o que ele fez, porque é injustificável. Aquelas cenas, todo mundo viu”.

“Foi uma novidade para mim. Nunca participei de uma briga entre marido e mulher. Fiquei abismado com a situação. Em uma das brigas estava dormindo e acordei assustado. Não fazia ideia do que estava acontecendo”, relembra.

Charles Barbosa afirmou, ainda, que parte das discussões do casal eram motivadas por ciúmes, e que o cantor já estava esperando ser preso após o caso ganhar destaque na imprensa nacional. O motorista afirma que o DJ só foi preso devido à repercussão da agressão.

A prisão de Ivis é preventiva, com intuito de garantir a ordem. O caso é investigado pela polícia civil e corre em segredo de Justiça.

“Eu travei. Fiquei parado sem acreditar no que estava acontecendo. Só na hora que as coisas acontecem sabemos o que se passa. Não sabia o que fazer. Em algumas confusões eu chamei a polícia. Nunca resolveram nada. Ele (DJ Ivis) mandava voltar e os policiais diziam que era uma briga de casal”, contou ele ao Uol.

O motorista, que foi criticado por não ter feito nada enquanto Pamella era espancada pelo DJ, afirma que não pretende justificar as ações de Ivis.  “Não estou aqui justificando o que ele fez, porque é injustificável. Aquelas cenas, todo mundo viu”.

“Foi uma novidade para mim. Nunca participei de uma briga entre marido e mulher. Fiquei abismado com a situação. Em uma das brigas estava dormindo e acordei assustado. Não fazia ideia do que estava acontecendo”, relembra.

Charles Barbosa afirmou, ainda, que parte das discussões do casal eram motivadas por ciúmes, e que o cantor já estava esperando ser preso após o caso ganhar destaque na imprensa nacional. O motorista afirma que o DJ só foi preso devido à repercussão da agressão.

A prisão de Ivis é preventiva, com intuito de garantir a ordem. O caso é investigado pela polícia civil e corre em segredo de Justiça.