Nesta quinta-feira (18) seis pessoas foram presas em uma operação iniciada pelo Ministério Público do Rio Grande do Sul (MP-RS) contra um grupo suspeito de abater cavalos clandestinamente. A perícia confirmou DNA de cavalos em lanches de duas hamburguerias em Caxias do Sul (RS).

Os acusados atendiam restaurantes com grandes quantidades de carne, usadas em hambúrgueres e bifes. As informações são do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) e foram apuradas através de conversas interceptadas. A suspeita foi confirmada por meio de perícia feita em duas hamburguerias, onde foi constatada a presença de DNA de cavalo nos sanduíches. Cerca de 800kg de carne eram vendidos por semana.

O fiscal agropecuário e supervisor regional da Secretaria Estadual da Agricultura Willian Smirderle relatou que foram localizados os pontos onde eram enterradas as carcaças dos animais.