A ação educativa de segurança no trânsito tem como objetivo conscientizar motociclistas da importância da regularização e da pilotagem segura na moto e será realizada durante 4 dias – 4, 11, 18 e 25 de maio, em Manaus

Em uma ação conjunta entre o Instituto Municipal de Mobilidade Urbana (IMMU), o Departamento Nacional do Trânsito (DETRAN), o Batalhão de Trânsito da Polícia Militar (BPTran), o Serviço Social do Transporte e o Serviço Nacional de Aprendizagem do Transporte (SEST/SENAT), a YAMAHA e as concessionárias TVLar Motos e Braga Motos, motociclistas da capital amazonense receberão quatro dias de orientações durante a campanha “Maio Amarelo”, por meio de ação educativa de segurança no trânsito – PIT STOP, com foco na conscientização dos motociclistas da cidade de Manaus.

A campanha do Movimento Maio Amarelo se tornou um período em que todos os participantes do trânsito são levados a um processo de reflexão e conscientização sobre segurança viária com o objetivo de reduzir o número de acidentes no trânsito.

O evento já faz parte do calendário do Amazonas, promovendo palestras de condução segura e conscientização das melhores práticas no trânsito. A ação conjunta será focada no motociclista, substituindo as eventuais ações punitivas por informações orientativas relativas ao uso de equipamentos obrigatórios de segurança e situações relevantes a acidentes de trânsito.

As ações de PIT STOP ocorrerão sempre das 8h às 12h, em vias estratégicas da cidade. No dia 4 de maio, a campanha orienta condutores na Av. Autaz Mirim (em frente ao SEST/SENAT); no dia 11, a ação acontece na Av. Torquato Tapajós (no posto da PM na altura da Philips). Já no dia 18, será a vez da Avenida do Turismo ou Av. Efigênio Salles (local a definir).

O evento finaliza no dia 25 de maio, com orientação na Av. Cosme Ferreira (altura do Supermercado Vitória, próximo ao posto de gasolina).

Durante a ação, os participantes receberão uma checagem dos itens de segurança das motocicletas, um treinamento sobre como evitar o ponto cego de veículos maiores e dicas sobre pilotagem defensiva.

No treinamento, será realizada uma simulação de situação de trânsito urbano cotidiano com o uso de um automóvel e quatro motocicletas posicionadas estrategicamente em locais em que o condutor não consegue enxergá-las. O motociclista ocupa o banco do motorista e é orientado em como evitar essas situações. Essa inversão de papéis, em que o motociclista entra em um automóvel e torna-se ‘motorista’, propicia uma melhor compreensão em relação aos pontos cegos no compartilhamento das vias públicas, podendo assim, evitar que ele se coloque em risco.

Além da checagem dos itens de segurança e do treinamento, os primeiros 150 motociclistas que passarem pelo PIT STOP receberão um vale para uma troca de óleo gratuita nas concessionárias Yamaha em Manaus.

Todos, juntos, por um trânsito melhor.

Informações
● O que: ação educativa de segurança no trânsito realizada em parceria por IMMU, SEST/SENAT, Yamaha, TVLar Motos e Braga Motos. Durante a ação os participantes receberão uma checagem dos itens de segurança das motocicletas, um treinamento sobre como evitar o ponto cego de veículos maiores e dicas sobre pilotagem defensiva.

● Onde: em frente ao SEST/SENAT, na Avenida Autaz Mirim, 10.118, Jorge Teixeira
● Quando: dia 4/05 (quarta-feira), das 8h às 12h

● Objetivo: promover a conscientização sobre a segurança no trânsito, com foco nos motociclistas, como parte das ações do Movimento Maio Amarelo.

● Brindes: os primeiros 150 participantes da ação receberão um vale para uma troca de óleo gratuita nas concessionárias Yamaha em Manaus.

Observação: na data anterior à cada edição, enviaremos novo release com a confirmação do local a ser realizada a ação.

Mais informações:
Vania Vial
Assessora de Imprensa da Yamaha
92 98190 4000

Sky Rodrigues
Assessora de Comunicação do IMMU
92 98238 2602

Márcio Azevedo
Assessor de Comunicação do DETRAN
92 98188 1798

Fred Farias
Assessor de Comunicação da TVLar Motos
92 9152 3673

 

Fonte: Assessorias de Imprensa da TVLar Motos, DETRAN, IMMU e Yamaha

Foto: Divulgação