A Faculdade Martha Falcão Wyden realiza nos dias 25 e 26 de novembro, a partir das 19h, a 3ª Edição do Pirarucurta – Festival Audiovisual Universitário, cujo tema é “Matrix-Cyberpunk”, em alusão ao filme Matrix. O evento conta a participação de 29 curtas, sendo 26 na mostra competitiva e 3 na mostra não-competitiva.

De acordo com Maurício Ferreira, aluno da Martha Falcão Wyden e um dos coordenadores do festival, o Pirarucurta 2021 retrata o momento em que a população atravessa em meio a pandemia da Covid-19 e que chegou ao Brasil no primeiro trimestre de 2020.

“O tema foi escolhido porque a Matrix do filme faz um paralelo com o que estamos vivendo na atualidade, pois uma vez que retornando a normalidade, estamos saindo da matrix. Tivemos que ficar em nossas casas e nos adaptar do real para o virtual para dar continuidade a tudo aquilo que já vivíamos. Por isso, o nosso foco não podia ser outro. No filme, a Matrix é uma realidade virtual na qual os personagens viviam dentro dela e eram desligados quando saiam e voltavam a se deparar com a realidade de fato. O Pirarucurta é um paralelo com o que estamos enfrentando com a vacinação, nós estamos começando a sair da matrix imposta pela pandemia”, analisou o coordenador.

Estudantes, docentes, especialistas e público em geral interessados em cinema, na promoção da produção de vídeos e filmes de curtas-metragens produzidos por universitários podem participar da edição 2021 do festival.

“Temos como jurados: Taciano Soares, diretor do Ateliê 23; Flávia Abitbol, diretora de Documentários e Ficções voltadas para a Amazônia; Valentina Ricardo, produtora audiovisual; Victor Bitarello, ator e crítico de Cinema; Gideão Paixão, produtor Audiovisual. Para a mesa redonda, nós temos: César Nogueira, fotógrafo e produtor Cultural; Evelyn Félix, atriz e influenciadora digital; Moacyr Massulo, apresentador, diretor e roteirista; e Olímpio Neto, produtor executivo e CEO na empresa Petitfabrik”, informou Maurício.

Para a diretora da Faculdade Martha Falcão Wyden, Carla Sena, a instituição de ensino apoia a democratização da produção audiovisual universitária e a descoberta de novos talentos amazonenses.

“Enquanto pioneiros nesse tipo de Festival, nós, da Faculdade Martha Falcão Wyden, ficamos orgulhosos em abrir espaço para a divulgação da produção audiovisual, que acreditamos ser uma ferramenta para difundir diálogos e gerar escutas, conectando experiências, narrativas e potências para transformação social em nossa cidade”, comentou.

Medidas

A organização do Pirarucurta ressalta que todos os protocolos sanitários e medidas de biossegurança serão respeitados durante os dois dias de evento. Para participar do festival, será necessário que todos os inscritos apresentem carteira de identidade e comprovante de vacinação completo, além da utilização de máscara de proteção facial.

Programação

25 de Novembro

Exibição das Obras

19h – Recepção dos Convidados em Boas-Vindas;

19h10 – Mesa Redonda: “Técnicas e Manobras de Produções Audiovisuais” e Bate-Papo;

20h – Momento Sortudo (Brindes Variados);

20h20 – Encerramento e Divisão para as salas de Exibição dos Curtas-metragem.

26 de Novembro

Premiação das Obras

19h – Recepção de Boas-Vindas;

19h10 – Premiações Mostra Competitiva;

20h10 – Break Musical;

20h20 – Premiações Mostra Competitiva;

21h – Break Musical;

21h10 – Premiações Mostra Competitiva;

22h – Agradecimentos e Encerramentos.