Estabelecer diretrizes para o enfrentamento do Alzheimer e de outras doenças mentais é o objetivo do Projeto de Lei (PL) nº 105, de autoria do presidente da Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (Aleam), deputado estadual Roberto Cidade (UB). O PL está em tramitação nas comissões técnicas da Casa.

 A proposta prevê que o indivíduo acometido pelo Alzheimer e outras doenças mentais, bem como seus representantes legais, tenham à disposição um sistema de apoio para ajudar a família a lidar com a doença do paciente, em seu próprio ambiente e que haja atendimento interdisciplinar para as necessidades clínicas e psicossociais, bem como o estímulo para que o paciente viva o mais ativamente possível.

“O Alzheimer e outras doenças mentais ocasionam perdas de funções cognitivas, memória, atenção e orientação, que comprometem a funcionalidade da pessoa e interferem na vida do paciente e da família. Nossa intenção, com essa lei, é facilitar o máximo possível o acompanhamento desse paciente, garantindo-lhe a melhor condição de vida e que a família tenha melhores meios para lidar com as limitações que essas doenças provocam. O Brasil está mais envelhecido e nós precisamos legislar em função disso também, dessa longevidade que deve ser comprovada com novo o Censo”, afirmou.

No Brasil, mais de um milhão de pessoas vivem com alguma forma de demência. Em todo o mundo, ao menos 44 milhões de pessoas vivem com demência, tornando a doença uma crise global de saúde pública. Essa doença atinge principalmente a pessoa idosa, a partir dos 60 anos, e a estimativa de tempo de vida com a doença é de três a 20 anos.

“Precisamos estabelecer diretrizes para a implementação de uma política estadual que permita o amparo necessário. O PL prevê avanços para o diagnóstico, para o tratamento, acompanhamento e para a melhor qualidade de vida do paciente, dos familiares e cuidadores. Tenho certeza de que poderei contar com a sensibilidade de todos os deputados estaduais para que esse PL se torne lei”, falou.

Sintomas

Além da perda de memória, os sintomas de Alzheimer incluem, entre outras coisas, problemas para completar tarefas que antes eram fáceis; mudanças no humor ou personalidade; afastamento de amigos e familiares; problemas com a comunicação, tanto escrita como falada; confusão sobre locais, pessoas e eventos e alterações visuais, como problemas para entender imagens.