TCE


A Polícia Militar do Amazonas (PMAM) enviou, nesta semana, reforço policial das Operações Hórus e Paz para Tabatinga (distante 1.108 quilômetros de Manaus). Os embarques iniciaram no domingo (1º/10) e se encerram nesta quarta-feira (04/10), totalizando 40 policiais militares que vão atuar em apoio ao 8° Batalhão de Polícia Militar (BPM) do município para combater os crimes transfronteiriços e reduzir as mortes violentas intencionais (MVIs).

Segundo o subcomandante-geral da PMAM, coronel Thiago Balbi, o reforço policial está sendo enviado com o objetivo de reduzir os índices criminais em Tabatinga, conforme determinação do governador do Amazonas, Wilson Lima.

“O efetivo de policiais foi selecionado do quadro dos Comandos de Policiamento Metropolitano e Especializado (CPM e CPE). Acreditamos que, com o reforço de policiamento na cidade de Tabatinga, iremos conseguir atingir as metas de redução criminal propostas pelo Governo do Amazonas, pela Secretaria de Segurança Pública do Amazonas e Polícia Militar”, declarou o coronel Thiago Balbi.

Os policiais enviados fazem parte das Rondas Ostensivas Cândido Mariano (Rocam), da Força Tática e das Companhias Interativas Comunitárias (Cicom’s). O efetivo irá atuar durante todo o mês de outubro nas ações das Operações Hórus e Paz.

*Operação Hórus*

A Operação Hórus/Fronteira Mais Segura é voltada, principalmente, para o combate do tráfico de drogas no estado. As operações são coordenadas pela Secretaria de Segurança Pública (SSP-AM), por meio do Gabinete de Gestão Integrada de Fronteiras e Divisas (GGI-F).

Presente em 11 estados da federação, a Operação Hórus é realizada no Amazonas desde 2019. Atualmente, a ação ocorre, simultaneamente, em 17 municípios amazonenses.

*Operação Paz*

Coordenada pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP), a Operação Paz foi iniciada no dia 1º de setembro, com o intuito de fortalecer o trabalho já desenvolvido pelo Governo do Amazonas na redução dos índices de mortes violentas intencionais. Além do Amazonas, a Operação Paz ocorre em outros 11 estados do país.

*Foto: Divulgação/PMAM