TCE


Com o tema “Educação para proteger o futuro”, alusivo ao Dia Mundial do Diabetes 2023, a Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal da Educação (Semed), realizou, nesta quarta-feira, 25/10, os Festivais Estudantil Esportivo de Badminton, na escola municipal Joaquim Gonzaga Pinheiro, na Vila da Prata, e Basquetebol, no Centro de Capacitação de Atletas (CCA) Dom Pedro.

A ação faz parte do programa “Minha escola saudável”, envolvendo os alunos do 3º ao 6º ano do ensino fundamental, que ainda contempla as modalidades de remo e judô dentro do programa. Na oportunidade, o evento contou com a presença de representantes da Comissão Avaliadora Internacional, na qual a capital amazonense concorre na condição de “Manaus Cidade Sul-Americana do Desporto de 2024”.

O Dia “D” de combate ao diabetes existe para que todos possam entender melhor o que é o diabetes e as condições de saúde do colega com diagnóstico de diabetes, promovendo assim o acolhimento do estudante por parte dos colegas e professores.

Para o chefe da Divisão de Apoio à Gestão Escolar (Dage), Luiz Oliveira, o festival é importante, porque mobiliza os alunos que fazem parte do programa, além disso, com a visita dos representantes que estão avaliando a capital para ser referência no desporto em nosso continente.

“A Prefeitura de Manaus está vivendo um momento ímpar, onde nós estamos tendo a oportunidade de uma comitiva do Parlamento Europeu analisar todos os nossos benefícios em relação ao esporte. Estamos aqui atendendo várias escolas, trabalhando todos os projetos que nós já realizamos na Semed para mostrar como Manaus dá a devida importância e valorização ao esporte. Nós temos na Semed mais de cem projetos relacionados ao esporte, junto com a educação”, explicou.

Festivais

A quadra da escola municipal Joaquim Gonzaga Pinheiro foi palco do festival de Badminton. O coordenador Ricardo Pina ficou satisfeito com o evento, mas principalmente pela visita da comissão.

“Hoje é uma festa, não é um jogo, mas os alunos vieram brincar. O badminton é um atrativo da petequinha e da raquete, e é uma novidade, sendo uma modalidade diferente do que as crianças gostam. Cerca de 90% dos alunos do 3º e 4º ano praticam o esporte. Para nós, é até um privilégio ver essas pessoas em nosso festival e estar participando desse momento único. Manaus se Deus quiser, será escolhida como a capital sul-americana”, citou.

Aproximadamente 170 estudantes do 4º e 5º ano de quatro unidades de ensino do programa, participaram das atividades do festival, na quadra do CCA Dom Pedro. Segundo o coordenador Sandro Costa, é um prazer olhar o desenvolvimento das crianças na modalidade, ainda mais com a presença de pessoas importantes que estão analisando o desporto do município.

“Nós queríamos fazer um jogo em si, mas como o basquete é um esporte muito técnico e específico, não deu para fazer, mas realizamos com atividades lúdicas. A gente estava aguardando essa visita, sendo importante para a nossa cidade, para o nosso estado, no caso formos agraciados. O basquete, badminton, remo e judô fazem parte do programa e o objetivo é mostrar que a nossa cidade está com a cara do esporte e praticando todas as comunidades”, finalizou.

 

Visita

De acordo com o presidente na América do Sul da Aces Europe, o português Nuno Santos, um dos membros da Comissão Avaliadora Internacional, da candidatura de “Manaus Cidade Sul-Americana do Desporto 2024”, foi bom ver de perto o trabalho realizado pela Semed Manaus no desporto escolar.

“Estamos ao vivo para ver exatamente a cidade sobre o projeto e estamos a parabenizar sobre isso. Estamos no segundo dia da visita técnica, ontem foi a entrega do dossiê, e hoje visitamos algumas instalações esportivas. Vamos ficar em Manaus até sexta-feira, mas o projeto da secretaria é um conjunto de vários setores da educação, saúde, desporto, atividade física, dos idosos, das crianças, enfim, tudo conjuga através do apoio da prefeitura de dar a esse projeto para que possam haver mais saúde e educação”, completou Nuno.

Fonte: Semed 
Fotos: Ulisson Santos