InícioINTERNACIONALProfissionais da saúde reagem a carreatas que pediam fim do distanciamento

Profissionais da saúde reagem a carreatas que pediam fim do distanciamento

Em Denver, capital do Colorado,
profissionais da saúde pararam em frente aos carros dos manifestantes
20 ABR 2020 –
No domingo (19), apoiadores do
presidente americano Donald Trump se reuniram em carreatas em diversas cidades
do país para pedir o fim do isolamento social, declarado por diversos
governadores, com o intuito de diminuir o avanço dos casos de coronavírus. A
medida é uma recomendação da Organização Mundial da Saúde (OMS), para tentar
evitar o colapso dos sistemas de saúde.
Os Estados Unidos hoje são a
nação com mais casos, com 740 mil pessoas contaminadas e 40 mil mortos por
Covid-19, conforme dado da Universidade Johns Hopkins. Ainda assim, alguns
cidadãos clamam por medidas que acabem com as restrições que afetam a economia.
Os profissionais de saúde de
Denver, no Colorado, resolveram reagir às carreatas, colocando-se,
uniformizados, em frente aos veículos dos manifestabtes. A fotógrafa Alysson
McClaren capturou alguns desses momentos simbólicos e postou as imagens nas
redes sociais. Em seu Facebook, o post viralizou e já teve mais de 30 mil
compartilhamentos. Médicos e enfermeiros pediam respeito ao confinamento.
“Profissionais de saúde se posicionam nas ruas reagindo a protestos de
cententas de pessoas, que se reuniram no State Capitor pedindo que a ordem de
ficar em casa seja retirada em Denver, Colorado, no domingo, dia 19 de abril de
2020”, legendou.
No Twitter, um vídeo do momento
também viralizou e foi curtido por mais de 314 mil pessoas.
No Brasil, diversas cidades
tiveram protestos parecidos, realizados por apoiadores do presidente Jair
Bolsonaro (sem partido). Em seus carros, os manifestantes promoveram buzinaços
e congestionaram o trânsito, em frente a hospitais com vítimas de Covid-19.

Artigos Relacionados

LEIA MAIS