Brasil  – Das 79,9 milhões de doses de vacinas contra a gripe distribuídas pelo governo federal, apenas 43,5 milhões foram aplicadas até agora, o que corresponde a pouco mais da metade – 54,4%. Isso significa que cerca de 36,4 milhões de doses ainda estão paradas, 45,6%, conforme levantamento feito pelo site Metrópoles, com base em dados do LocalizaSUS, plataforma de prestação de contas do Ministério da Saúde (MS).

Inicialmente, as doses são liberadas para um público determinado, incluindo crianças, trabalhadores na saúde, gestantes, mulheres que acabaram de dar à luz), idosos, professores e indígenas, que somam aproximadamente 77,9 milhões de pessoas. Com o ritmo lento na demanda, o MS prorrogou a campanha até 24 de junho e, então, com pouco mais da metade desse público alvo vacinado, o governo liberou as doses para a todas a população.

Conforme o levantamento do Metrópoles, foram vacinados 63,5% dos trabalhadores da saúde, 62,7% dos idosos, 59,3% dos indígenas, 52,7% dos professores, 48,3% das crianças; 42,2% das puérperas e 41,1% das gestantes.

A vacina da gripe disponibilizada no Brasil, feita com partículas virais, é considerada eficaz e segura, com baixo índice de efeitos colaterais.