InícioMANAUSRede de esgoto começa a ser implantada no bairro Petrópolis e irá...

Rede de esgoto começa a ser implantada no bairro Petrópolis e irá beneficiar mais de 8,4 mil pessoas

 

 

Rede de esgoto começa a ser implantada no bairro Petrópolis e irá beneficiar mais de 8,4 mil pessoas

 

Com a implantação de mais de 8,8 mil metros de rede, todo esgoto coletado será transportado até a ETE Raiz.

 

Nesta semana, o programa Trata Bem Manaus chegou no bairro Petrópolis, zona Sul da cidade. O local já começa a receber obras de implantação de rede coletora de esgoto. Ao todo, serão construídos mais de 8,8 mil metros de rede que irão coletar e transportar o esgoto produzido nas residências até uma Estação de Tratamento de Esgoto (ETE). Mais de 8,4 mil pessoas serão beneficiadas com a estrutura.

As obras iniciaram nas ruas Francisco Couto Vale e João Mendonça, simultaneamente. Equipes de conscientização acompanham os trabalhos para informar e tirar dúvidas dos moradores em relação à obra. “Antes de iniciarmos fizemos uma reunião com a comunidade. Na ocasião explicamos sobre como vamos atuar no bairro, os benefícios que chegam junto com o serviço e como as pessoas podem fazer para se conectar ao sistema. Durante a execução da obra, também disponibilizamos os colaboradores para atender aos moradores”, destaca o gerente de Projetos, Jean Damaceno.

A previsão é que o serviço de implantação da rede seja concluído no início de agosto. Ao final, mais de 1,6 mil imóveis estarão prontos para a conexão ao sistema de esgotamento sanitário. “Após a conclusão da obra, alguns imóveis precisam realizar adequações internas para se interligarem à rede coletora. Nosso time também atua explicando como os moradores podem fazer para aderirem ao sistema e contribuírem para recuperação dos nossos igarapés”, ressalta.

Todo esgoto coletado será transportado para ETE Raiz. A estação está sendo construída às margens do igarapé do 40.

ETE Raiz

A Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) Raiz começou a ser construída em abril deste ano. A primeira etapa do empreendimento será entregue no segundo semestre deste ano e já vai ter capacidade para tratar mais de 7 milhões de litros de esgoto por dia.

“Quando finalizarmos esta etapa, já vamos poder tratar todo esgoto coletado desta área que está recebendo a rede coletora. Por ser uma das maiores estações da cidade, ela será executada em quatro etapas. Ao final – em 2027 -, vai ter capacidade para tratar mais de 31 milhões de litros de esgoto por dia, ou seja, todo este volume que antes era despejado diretamente na natureza passará por tratamento e será devolvido ao meio ambiente livre de contaminações”, ressalta Damaceno.

Além do esgoto coletado no bairro Petrópolis, a ETE também vai receber esgoto de bairros como Raiz, Japiim, Praça 14 de Janeiro, Cachoeirinha, São Francisco e Armando Mendes.



Artigos Relacionados

LEIA MAIS