TCE


Grato aos servidores do Legislativo Estadual que viabilizam a realização do programa Assembleia Participativa, principal iniciativa social da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), o presidente da Casa, deputado estadual Roberto Cidade (UB), coordenou , nesta sexta-feira, 15/12, a ação de entrega de mil cestas básicas, divididas entre 10 instituições sociais. No decorrer da semana que vem, mais 13 instituições serão beneficiadas com a entrega de cestas básicas, totalizando 23 instituições e quatro mil cestas entregues.

“Mais um ano que esse projeto tão bonito ajuda a minimizar o sofrimento de famílias de Manaus e do interior do Amazonas, por meio da união dos servidores desta Casa. Fico feliz de estar presidente no momento em que a Assembleia dá a sua demonstração de grandeza, de apoio e incentivo às famílias carentes do nosso Estado. Agradeço e parabenizo todos os servidores envolvidos, todos os diretores, que tornam possível a realização da Assembleia Participativa”, agradeceu.

As cestas básicas doadas pelos servidores da Aleam, por meio da Assembleia Participativa, serão destinadas para famílias em vulnerabilidade social. De acordo com a coordenadora geral do Instituto Restaurar, Lilian Vasconcelos, as cestas chegam no momento em que a organização se prepara para a realização da quinta edição da confraternização natalina do Instituto.

“Essas cestas básicas irão fazer total diferença na vida das famílias em vulnerabilidade social e econômica que atendemos no instituto. Nossa instituição realiza ações com famílias, adultos e crianças em vulnerabilidade nos bairros Campos Salles e na Cidade Nova. Essas cestas serão destinadas para famílias em extrema pobreza e, em nome delas, agradecemos por esse gesto de solidariedade. Que esse gesto inspire outras pessoas e que possamos ser mais solidários”, falou.

Além da entrega de cestas básicas para instituições sociais, o Assembleia Participativa beneficiou seis servidores, ativos e inativos, com doações de fraldas geriátricas. De acordo com o diretor-geral adjunto da Assembleia Legislativa e coordenador do programa Assembleia Participativa, Igor Pantoja, ao longo de três anos, mais de 40 instituições e de 30 servidores foram atendidos com auxílio funeral, em procedimentos cirúrgicos e outras ações de filantropia.

“Esse é um bonito trabalho de responsabilidade social desenvolvido pela Assembleia Legislativa, por meio de seus servidores. Em três anos do programa, dezenas de ações filantrópicas foram realizadas e isso só foi possível porque os servidores, voluntariamente, doam uma quantia e o programa, de forma responsável e transparente, reverte para ações como a de hoje e para outras ajudas aos servidores. Só temos a agradecer aos servidores do legislativo estadual por tornarem esse programa possível”, afirmou Pantoja.

Além do deputado presidente, a solenidade contou com a presença dos deputados Carlinhos Bessa (PV), Sinésio Campos (PT), João Luiz (Republicanos) e Mário César Filho (União Brasil).

Instituições beneficiadas

Associação Amigos Anjos da Guarda, bairro Aleixo;
Liga Municipal Desportiva do Morro da Liberdade;
Núcleo de Assistência Professora Tereza Siqueira (Educandos);
Instituto Autismo no Amazonas (Parque 10);
Instituto Restaurar (Nova Cidade);
Associação Moradores e Comunitários do Bairro Jesus Me Deu (Colônia Terra Nova); Instituição Verde Esperança (Armando Mendes);
Área Missionária Santa Rita de Cássia (Ouro Verde);
Associação Comunitária do Alvorada e Instituto Melo Morais (Redenção).

O programa

O programa Assembleia Participativa é uma ação solidária dos servidores da Aleam, que doam uma quantia mensal para um fundo com destinação exclusiva para o programa.

Do total, 70% do recurso é destinado a instituições sociais e 30% para servidores que, comprovadamente, estejam em situação de vulnerabilidade.

 

Fonte: Assessoria de Imprensa do Deputado Roberto Cidade

Foto: Divulgação