Foto: Divulgação
Após boa campanha na Rio 2016, país espera desempenho ainda melhor no Japão. Isaquias e Ana Marcela também são favoritos

 

Depois de sediar os Jogos Olímpicos, o Brasil chega a Tóquio com expectativas elevadas sobre o desempenho de seus principais astros e estrelas. As entradas de novos esportes no programa do evento, como surfe e skate, ampliaram as perspectivas de medalha, e o COB sonha em ultrapassar o feito obtido na capital fluminense, quando o país terminou na 13ª colocação geral, com 19 medalhas (sete de ouro, seis de prata e seis de bronze. O vôlei masculino, dono de três medalhas de ouro olímpicas (Barcelona 1992, Atenas 2004 e Rio 2016), é mais uma vez favorito ao primeiro lugar.

 

 

Fonte: R7

Foto: Divulgação