InícioAMAZONASAgeman vistoria obra das novas redes de esgoto na Ponta Negra e...

Ageman vistoria obra das novas redes de esgoto na Ponta Negra e Vieiralves

Equipes de fiscalização da Agência Reguladora dos Serviços Públicos Delegados do Município de Manaus (Ageman) estão fiscalizando os serviços de implantação da nova de rede de esgotamento sanitário, que vai atender aos moradores dos bairros Ponta Negra, na zona Oeste, e Nossa Senhora das Graças, na zona Centro-Sul da cidade.

Na Ponta Negra, os fiscais estão acompanhando o assentamento de rede da alameda Alaska. Os resíduos coletados dos condomínios serão destinados à Estação Elevatória de Tratamento de Esgoto Ponta Negra.

No bairro Nossa Senhora das Graças, as vistorias se concentraram nas ruas e avenidas dos conjuntos Vieiralves e Manauense. No total, estão sendo implantados 16 quilômetros de rede coletora de esgoto. Nessa localidade, os dejetos coletados serão destinados à Estação de Tratamento de Esgoto Educandos, beneficiando aproximadamente 1,5 mil imóveis. As obras iniciaram em setembro e a previsão de conclusão é para janeiro de 2024.

O diretor-presidente da Ageman, Elson Andrade Ferreira, ressaltou a importância das obras para a garantia da oferta do serviço de esgotamento, o qual vai proporcionar uma melhor qualidade de vida aos usuários que passarão a contar com os serviços de coleta e tratamento dos dejetos produzidos em seus domicílios.

“Nossa cidade está avançando na oferta desse serviço que é de suma importância para a melhoria do nosso IDH. Esgoto é saúde. Temos um plano de expansão do serviço de esgoto com metas e essas obras são necessárias para que possamos alcançar essas metas. Nós, da Ageman, estamos fiscalizando todas as etapas”, afirmou Elson.

Os serviços estão ocorrendo com o apoio do Instituto Municipal de Mobilidade Urbana (IMMU), que orienta os motoristas e pedestres quanto ao acesso às vias das localidades onde estão acontecendo os trabalhos.

As obras, que compõem parte do Plano de Expansão do Esgotamento Sanitário, da concessionária Águas de Manaus, visam a ampliação da oferta do serviço de esgotamento sanitário na capital, em cumprimento às obrigações previstas no contrato de concessão dos serviços de abastecimento de água e esgotamento sanitário.

Atualmente, Manaus disponibiliza o serviço para 26% da população, atendendo a 162 mil imóveis. Com o plano, os serviços de coleta, tratamento e destinação final dos resíduos estarão disponíveis para mais de 325 mil imóveis. Até 2033, o plano prevê a implantação de aproximadamente 220 quilômetros de rede de esgotamento sanitário por ano, chegando ao patamar de mil quilômetros de extensão.

Hoje, o sistema de esgotamento sanitário da capital possui uma extensão de 816 quilômetros de rede de esgoto. O plano prevê ainda a implantação de 35 subsistemas de esgotamento, avançando pelas microbacias da capital.

 

Fonte: Ageman

Foto: Divulgação

 


Artigos Relacionados

LEIA MAIS