Foto: Divulgação

A equipe técnica do Conselho Regional de Enfermagem do Amazonas (Coren-AM) está no município de Itacoatiara para dar seguimento na apuração dos fatos sobre o caso do técnico de enfermagem, acusado de estuprar uma jovem grávida de 24 anos durante internação no hospital da cidade.

O Coren-AM já iniciou todo procedimento legal para que o processo ético seja instaurado, e nesta quarta-feira (03.11) esteve presente no Hospital José Mendes para realizar o levantamento detalhado das informações necessárias.

A comitiva técnica formada pelo Presidente do Coren-AM, enfermeiro Sandro André, a Corregedora do Conselho, enfermeira Suellen Couto, a fiscal do Coren-AM, enfermeira Gean Brito, conversaram com o diretor do hospital, André Vasconcelos, e foi solicitada toda documentação necessária para dar cumprimento aos procedimentos administrativos para instauração do inquérito junto ao Conselho.

“Como órgão fiscalizador do exercício da enfermagem precisamos atuar firmemente para que atos como este sejam averiguados com seriedade. Estamos averiguando todos os fatos para que as medidas cabíveis sejam tomadas”, disse o presidente do Coren-AM.

 

Fonte: COREN-AM

Foto: Divulgação