Foto: Diego Peres

Em Manaus, a distribuição dos cartões inicia na quarta-feira (10/11), em nove postos

O governador Wilson Lima acompanhou, nesta segunda-feira (08/11), no Centro de Convivência da Família Padre Pedro Vignola, na zona norte de Manaus, parte do último treinamento dos profissionais que irão atuar na distribuição dos cartões do Auxílio Estadual permanente, que inicia na quarta-feira (10/11). O benefício alcançará 300 mil famílias em todo estado, sendo 158 mil somente na capital. Servidores de oito secretarias de Estado receberam celulares e coletes para atuarem nos nove postos de distribuição espalhados pela capital.

No valor mensal de R$ 150, o auxílio, que agora passa a ser permanente, é considerado o maior programa de transferência de renda da história do Amazonas e vai garantir segurança alimentar da população em situação de pobreza e extrema pobreza.

Segundo o governador Wilson Lima, ação inédita do Estado garante cidadania a milhares de pessoas em todo estado impactadas pela pandemia de Covid-19.

“É importante isso, porque esses servidores aqui não estão entregando apenas cartões, eles estão levando para essas pessoas esperança, estão levando a mão amiga do Estado num momento tão difícil, em que muita gente teve dificuldades, teve perdas familiares, perdeu amigos e também perdeu a capacidade de garantir a segurança alimentar por conta da pandemia”, destacou o governador.

A distribuição dos cartões contará com aproximadamente 900 servidores de várias secretarias envolvidas em um ato de solidariedade e responsabilidade social, como destacou a secretária-executiva do Fundo de Promoção Social e Erradicação da Pobreza (FPS), Kathleen Braz.

“Aqui, em parceria com as outras secretarias, o Fundo de Promoção tem os funcionários, os servidores que irão trabalhar nessa ação, tanto na capital quanto no interior, e hoje nós estamos aqui finalizando todo o treinamento, toda a orientação, desde o atendimento à população até o pós-entrega desses cartões”, afirmou.

Servidores treinados – A abertura dos postos ocorre na quarta-feira (10/11). Somente em Manaus, a previsão é de que 158 mil beneficiários façam a retirada do cartão nos próximos dias.

“O sentimento é de alegria, o sentimento de compaixão, porque nós vamos estar dando alimentos para mais de 300 mil famílias. Alimentos para crianças que, hoje, não têm o que comer e vão ter. A partir de amanhã, o nosso Estado estará realmente dando alimentos para a nossa sociedade, num momento em que estão precisando bastante”, afirmou Hudson Pinheiro, servidor da Agência de Desenvolvimento Sustentável (ADS), treinado para atuar na ação.

Para quem já trabalha na área de assistência social, como a servidora Mirleide Santana, o Auxílio Estadual de forma permanente é a prova do compromisso do Estado com as pautas sociais e, principalmente, com o cidadão que mais precisa.

“Como o governador falou, passamos por uma pandemia, passamos pela maior enchente da história e, mesmo assim, diante de todas essas dificuldades, a gente está levando esse serviço. A gente está levando a esperança, a gente está levando a refeição na mesa dessa pessoa e para muitos pode não ser nada, mas para quem está precisando é um valor riquíssimo. E é o primeiro na história do nosso estado, e vai ser uma coisa permanente, então, eu, enquanto assistente social, estou fazendo parte dessa história”, afirmou Mirleide, servidora da Secretaria de Estado de Assistência Social (Seas).

 

Fonte: SECOM

Foto: Diego Peres