O governador Wilson Lima entregou, nesta quinta-feira (02/06), patentes simbólicas para 440 estudantes que fazem parte do Projeto Escola Segura, Aluno Cidadão (Pesac). A iniciativa, coordenada pela Polícia Militar do Amazonas (PMAM), busca formar cidadãos por meio de hábitos baseados na disciplina, hierarquia, ordem e respeito.

A cerimônia de entrega aconteceu na Arena Poliesportiva Amadeu Teixeira, zona centro-sul de Manaus. Realizado em unidades públicas de ensino, o projeto é fruto de parceria entre a PMAM e as Secretarias de Educação e Desporto (Seduc) e de Segurança Pública (SSP-AM) e também é ferramenta de combate à violência no ambiente escolar. A ação integrada também busca combater a evasão escolar.

“Nós temos tido um resultado muito significativo desde o ano de 2020, sobretudo naquelas áreas onde havia uma incidência de violência, a questão do tráfico de drogas. Isso é importante porque dá tranquilidade para os pais e os alunos têm o rendimento maior. Nós já temos 13 escolas que funcionam nesse modelo, inclusive no interior, em Iranduba, e nós estamos agora no processo de implantação lá no município de Parintins”, frisou o governador.

“Ajuda as pessoas que se esforçam para melhorar as notas. Estou bastante feliz de estar recebendo, fazendo parte desse projeto e mostrar para as pessoas que se a gente se esforçar pelo estudo ganha alguma coisa, ganha respeito”, disse Juan Pablo Goulart, de 13 anos, estudante do 8º ano da Escola Estadual Belarmino Marreiro.

Os alunos que se destacam no projeto recebem patentes, simbolizadas por lenços, de alunos-capitães, tenentes e sargentos. O projeto Escola Segura, Aluno Cidadão foi lançado por Wilson Lima, em fevereiro de 2020 e já foi implantado em escolas da capital e da região metropolitana e também do interior do Amazonas.

O Pesac promove a disciplina e a formação de cidadãos por meio de uma gestão cívica desenvolvida em conjunto com ações preventivas de segurança pública.

Além de estudantes da Escola Estadual Belarmino Marreiro, receberam patentes os matriculados em unidades de ensino da Seduc: Osmar Pedrosa, Ernesto Pinho Filho, Antogildo Pascoal Viana, Zilda Arns Neumann, situadas em Manaus. E também estudantes da Escola de Tempo Integral Maria Izabel Ferreira Xavier Desterro e Silva, em Iranduba.

“Esse programa é incrível. A gente consegue transformar uma escola que, muitas vezes, tem dificuldades com a questão do comportamento dos alunos. A gente consegue entrar com a metodologia e ter uma revolução dentro da escola, onde os alunos passam a ser autossuficientes, ter autodisciplina, levando civismo, princípio de educação respeitoso, e isso possibilita um ensino de qualidade”, destacou o comandante geral da PM, coronel Vinicius Almeida.

Estiveram presentes na cerimônia, ainda, a secretária estadual de Educação e Desporto, Kuca Chaves, o deputados estadual Cabo Maciel e as deputadas estaduais Terezinha Ruiz e Joana Darc.

Foto: Artur Castro/Secom