TCE


Brasil – A estilista Ingrid Lima foi apontada como pivô da separação de Preta Gil e do personal trainer Rodrigo Godoy. Quando as acusações vieram à tona, Ingrid se desesperou e logo processou diversos jornalistas e programas, alegando ser vítima de “matérias sensacionalistas e falsas”.

De acordo com o colunista Ancelmo Goias, do jornal O Globo, ao todo são oito processos sendo movidos na Justiça do Rio de Janeiro, e a ex-stylist de Preta Gil se define como uma pessoa “honrada”, “honesta” e “de boa reputação”.

Entre os alvos da estilista, estão uma emissora de TV, um jornal e jornalistas de diferentes empresas midiáticas.

Para que não se lembra, Ingrid e Rodrigo foram flagrados juntos em clima de romance em diversas ocasiões, como em um aeroporto. O romance teria iniciado antes mesmo da separação do casal, quando Preta Gil realizava tratamentos para um câncer no intestino.

Entretanto, no começo de setembro, Rodrigo afirmou durante uma live em uma plataforma de conteúdo adulto que estava solteiro. Ainda assim, Preta Gil ficou extremamente chateada com o ocorrido, e não poupou as críticas nas redes sociais.