Foto: Divulgação

A esposa de Lázaro Barbosa, morto na manhã de hoje segunda-feira (28) em Águas Lindas de Goiás (GO), afirmou em entrevista ao repórter Roberto Cabrini, da Record TV, que os policiais sempre quiseram matar seu marido.

 

“Os policiais sempre foram para matar, não pra prender. Se quisessem ter o Lázaro vivo, eles teriam. Nós nos disponibilizamos a ir na mata com eles, e ele se entregaria”, comentou Elen, que disse estar em choque e arrasada com a perda.

“Os policiais sempre foram para matar, não pra prender. Se quisessem ter o Lázaro vivo, eles teriam. Nós nos disponibilizamos a ir na mata com eles, e ele se entregaria”, comentou Elen, que disse estar em choque e arrasada com a perda.