InícioMANAUSPrefeitura de Manaus lança 2ª edição do projeto de turismo esportivo ‘Manaus...

Prefeitura de Manaus lança 2ª edição do projeto de turismo esportivo ‘Manaus Adventure Sport 2023’

A Prefeitura de Manaus, por meio da Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (Manauscult), lança, nesta quinta-feira,(5), às 16h, a 2ª edição do projeto de turismo esportivo “Manaus Adventure Sport 2023”, o maior evento de esporte de aventura integrado no coração da Amazônia. A coletiva de lançamento será na Casa de Praia Zezinho Corrêa, localizada no complexo turístico Ponta Negra, na zona Oeste.

O “Manaus Adventure Sport 2023”, que acontecerá nos dias 6, 7 e 8 de outubro, reúne atividades de pesca esportiva nas categorias individual e equipe; desafio internacional de natação em águas abertas; e atividades de aventura como arvorismo, canoagem, mountain bike, tirolesa, Stand Up Paddle (SUP), escalada, rapel, trilhas, arco e flecha, rastejamento na areia, corrida de tronco, entre outras ações.

O diretor-presidente da Manauscult, Osvaldo Cardoso, destaca que as modalidades esportivas do evento de turismo de aventura, que serão realizadas de forma integrada, visam promover uma das mais extraordinárias experiências na região amazônica para atrair não apenas atletas de alta performance, mas, principalmente, turistas que buscam vivências enriquecedoras e criativas, uma tendência relevante no mercado de viagens.

“O ‘Manaus Adventure Sport’ está consolidado entre os atletas. Agora, nosso objetivo é posicionar o evento como estratégia de fortalecimento do turismo de aventura na região, como determina o prefeito David Almeida. Há menos de trinta dias realizamos o maior festival de artes integradas do Norte do país, o ‘#SouManaus Passo a Paço 2023’, que atraiu o olhar do mundo para a Amazônia. Agora queremos, também, com essa ação, transformar Manaus em cidade de negócios sustentáveis, onde o turista possa vivenciar nossa ancestralidade cultural e explorar lugares de maneiras criativas, intensas e marcantes em contato com nossos atrativos naturais”, disse Cardoso.

Nesta edição, o “Manaus Adventure Sport” deve reunir cerca de mil atletas amadores e profissionais dentre locais, nacionais e internacionais, na programação da 2ª edição da Copa Brasil de Pesca Esportiva; 9ª edição do Torneio Esportivo Amigos do Tarumã; 2ª edição do Circuito Internacional de Natação em Águas Abertas; 2ª edição do Jungle Adventure Sport e a 2ª edição do Manaus Kid’s Adventure.

Oreni Braga, vice-presidente da Manauscult, enfatizou que Manaus vem recebendo investimentos de infraestrutura e aperfeiçoamento da mão de obra qualificada para movimentar o mercado com o aumento no fluxo local, além de ações que visam contribuir para o desenvolvimento de tecnologias mais limpas que promovam maior uso de energias renováveis, construções e transportes mais eficientes em termos de energia até a captura de carbono e a reciclagem de água e de resíduos.

“Esse evento é inovador, gerador de fluxo. E tem algo peculiar: ele mexe com a adrenalina, com a vontade de ir, de viver a experiência, de consumir, de estar junto. Os indicadores de receita do Observatório de Turismo apontam um crescimento na busca por atividades de imersão na natureza, passeios, excursões, e, inclusive, na arrecadação de Impostos Sobre Serviços de Qualquer Natureza (ISS). Só na pesca, por exemplo, o Amazonas recebe, anualmente, cerca de 10 mil pescadores do mundo inteiro, e cada um tem um gasto médio de US$ 4,5 mil dólares, pouco mais de R$ 22 mil reais”, frisou Oreni Braga.

A natação em águas abertas tem sido uma aventura desafiadora. Nadar no maior rio do mundo, no coração da Amazônia, é mais desafiador ainda. O evento irá trazer atletas de renome como os brasileiros Carol Hertel e Henrique Figueirinha, além de atletas internacionais de peso como os espanhóis Alejandro Puebla e Marta Carmona, a peruana Maria Alejandra e o holandês Vicent Crooijmans para desafiar as águas do rio Negro e posicionar Manaus nesse novo mercado do turismo mundial.
O turismo de aventura ocorre em todo o mundo, mas, na Amazônia, temos duas modalidades: o turismo de aventura e o esporte de aventura. A Manauscult, juntamente com a Fundação Manaus Esporte (FME), na transversalidade com as demais secretarias municipais, vem trabalhando para aumentar a oferta de turismo e esporte competitivo de aventura em Manaus, com a participação exclusiva de atletas regionais e alunos da rede municipal de ensino.

Na modalidade pesca esportiva, participarão 180 competidores, dentre eles, atletas de cinco países: Colômbia, Argentina, Bolívia, Paraguai e Venezuela. Além de oito estados brasileiros, que são: São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Goiás, Rondônia, Mato Grosso do Sul, Paraná e Tocantins.

*Turismo de Aventura*

O turismo de aventura no mundo movimenta cerca de 152 milhões de pessoas ao ano, com um faturamento na casa de US$ 683 bilhões de dólares, de acordo com a entidade internacional Adventure Travel Association (pesquisa de mercado aliado), com a expectativa de atingir um faturamento na ordem de US$ 1.169.095 trilhão em 2028. O gasto médio do turista de aventura é de US$ 4,5 mil dólares, e a idade média do praticante desse segmento turístico é de 51 anos. Esse turista costuma viajar duas vezes ao ano.

O Brasil foi eleito pela 3ª vez como o primeiro destino para a prática do turismo de aventura no mundo, mas ainda recebe pouco mais de 1,2 milhão de turistas ao ano. A região Norte representa 1,8% do fluxo do país, um pouco mais de 21.545 turistas ao ano.

Foto: Arquivo/ Semcom



Artigos Relacionados

LEIA MAIS