TCE


Em um pronunciamento contundente no plenário do Senado, o Senador Omar Aziz direcionou críticas à Ministra Marina Silva, contestando seu posicionamento em relação à BR-319, contribuindo com o isolamento dos estados do Amazonas e Roraima. Omar destacou a importância de debater a infraestrutura viária na região, rebatendo afirmações que considerou desrespeitosas.

O embate começou quando a Ministra Marina Silva expressou sua opinião de que o desejo dos amazonenses em asfaltar a BR-319 seria apenas para “passear”. Omar refutou veementemente essa visão simplista, argumentando que a infraestrutura é essencial para o enfrentamento de desafios sérios, como a pandemia e a seca.

“Não é para passear. É muitas vezes para levar remédio, comida, equipamentos, transportar a produção da Zona Franca”, enfatizou o senador. Ele ressaltou a importância vital dessas estradas para o transporte de insumos médicos, que poderia ter garantido o abastecimento durante a pandemia, e também para superar as dificuldades causadas pela seca na região.

Além disso, o senador ressaltou o papel fundamental da população que mora na região na preservação da Amazônia. “Sempre quem cuidou da Amazônia somos nós que moramos lá e protegemos a Amazônia”, destacou Omar, contrapondo a ideia de que a ministra, ou qualquer autoridade externa, seja a única responsável pela preservação ambiental na região.

Por fim, Omar criticou Marina Silva por usar a “grife Amazônia” para menosprezar a população local, argumentando que as pessoas são as verdadeiras cuidadoras da região. O embate no Senado ressalta as divergências em relação ao desenvolvimento e preservação na Amazônia, sendo um reflexo das complexas dinâmicas políticas que envolvem a região.

 

 

Fonte: Assessoria de Imprensa do Senador Omar Aziz

Foto: Ariel Costa