O ex-secretário especial da Cultura, Mário Frias, de 50 anos de idade, sofreu um infarto na noite da última segunda-feira (04) e está internado no Hospital Santa Lúcia, em Brasília, sem previsão de alta. A informação foi publicada em sua conta no Instagram.

O ocorrido com Mário Frias reascendeu um alerta sobre os riscos de não cuidar corretamente da saúde do coração e sobre quais são os possíveis sinais que o seu corpo te dá quando existe o risco de um infarto ou mal súbito acontecer.

Entre os principais sinais de infarto estão:

  • Dores no peito, pescoço, braços, costas e estômago;
  • Mal-estar generalizado;
  • Sudorese;
  • Náuseas e vômitos.

Todos esses sintomas costumam durar de 10 a 20 minutos e podem ser sinais de um possível infarto agudo. O grande problema é que, em boa parte dos casos, quando o organismo começa a dar esses alertas, pode ser muito tarde para tomar uma providência.

“Em caso de infarto, apenas o médico pode agir e o recomendado é levar o paciente imediatamente a um serviço de emergência, mas qualquer pessoa pode iniciar massagem cardíaca até o socorro chegar”, explica a Dra. Fátima El Hajj, cirurgiã vascular.

Por isso, a prevenção contra os problemas cardíacos deve ocorrer mesmo sem nenhum tipo de sintoma aparente. “A prática de atividade física, junto com uma alimentação saudável, isto é, deixar alimentos gordurosos de lado e açucares, são hábitos essenciais para prevenir o infarto” completa a médica.

Fatores de risco

Podemos considerar os fatores de risco como outros tipos de sinais de que, em algum momento da vida, você poderá sofrer com algum tipo de infarto ou problema cardíaco grave. São eles:

  • Dieta inadequada;
  • Sedentarismo;
  • Uso de tabaco;
  • Pressão alta;
  • Colesterol alto;
  • Obesidade;
  • Excesso de bebidas alcoólicas.

O ideal é realizar exames de rotina periodicamente, como o de sangue, eletrocardiograma e, antes de começar qualquer atividade física, fazer uma avaliação médica. De acordo com o cardiologista, Dr. Vitor Loures, a maioria dos indivíduos que chegam aos prontos-socorros com dor no peito têm doença nas artérias do coração e não sabem.

Fonte: https://www.msn.com/pt-br/saude/medicina/sinais-de-infarto-como-identificar-um-poss%c3%advel-problema-card%c3%adaco/ar-AAZh6jh