TCE


A disputa pela presidência da Câmara dos Deputados, há mais de quatro anos sob o comando de Rodrigo Maia (DEM-RJ), motivou uma corrida nos bastidores da Casa para ver quem consegue angariar mais apoio. Até 1º de fevereiro, data marcada para ocorrer a eleição – que será por votação secreta -, a disputa por votos deve se intensificar.

Por enquanto, há apenas uma candidatura oficial, a de Arthur Lira (Progressistas-AL), um dos líderes do Centrão que tem o apoio do presidente Jair Bolsonaro. Maia ainda não anunciou o nome que apoiará para sucedê-lo. Três aliados concorrem a essa candidatura: Elmar Nascimento (DEM-BA), Aguinaldo Ribeiro (Progressistas-PB) e Baleia Rossi (MDB-SP). Os apoios anunciados até agora mostram que a votação pode ser apertada e que a oposição pode definir a disputa.

Fonte: Disputa pela Câmara já divide grupo ligado a Rodrigo Maia (folhavitoria.com.br)