EUA – Três pessoas morreram e seis foram hospitalizadas após ingerirem milkshakes contaminados com uma bacteria conhecida como liseria. As bebidas foram consumidas na lanchonete Frugals, em Tacoma, a cerca de uma hora de Seattle, no estado americano de Washington. A bactéria foi encontrada em todos os sabores de milk-shake vendidos no local.

“Os investigadores encontraram Listeria nas máquinas de sorvete, que não foram limpas corretamente”, informou o Departamento de Saúde do Estado de Washington. “Acredita-se que nenhum outro restaurante Frugals tenha sido afetado.”

O departamento incentivou mulheres grávidas, pessoas com 65 anos ou mais e com sistema imunológico enfraquecido a entrar em contato com seu médico caso tenham ingerido o milk-shake entre 29 de maio e 7 de agosto. A Frugals Tacoma informou que parou de usar suas máquinas de sorvete em 8 de agosto, mas o departamento aponta que a listeria pode continuar afligindo pessoas por até 70 dias.

Segundo o Centro de Controle de Prevenção e Doença dos Estados Unidos (CDC, na sigla em inglês), a infecção por listeria, ou listeriose, ocorre após a ingestão de alimentos contaminados com uma bactéria chamada Listeria monocytogenes. Alguns dos sintomas são febre, dores musculares, fadiga, dor de cabeça, torcicolo, confusão, perda de equilíbrio, convulsões, diarreia e vômitos, disse o centro.

Em nota, a Frugals informou que ficou “profundamente triste” ao saber das mortes e internações em razão dos milkshakes contaminados. A rede afirmou estar seguindo todas as recomendações de saúde e enviou seu equipamento de milkshake para uma instalação independente para ser limpo e higienizado antes de ser testado novamente para a bactéria.

“Como uma empresa familiar há mais de 30 anos, a confiança de nossos clientes é fundamental”, disse Frugals. “Continuaremos a cooperar totalmente com esta investigação e estamos comprometidos em fazer as alterações necessárias para manter nosso alto padrão de operações e evitar que isso aconteça novamente”, acrescentou.