Real Moeda brasileira


Brasil – Atendendo ao pedido do governo, o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, convocou para esta segunda-feira (2), às 14h, sessão extraordinária para votar o projeto (PL) 2.685/2022, que trata do programa de combate à inadimplência Desenrola Brasil. O texto incorpora a a Medida Provisória (MP) 1.176/2023, que criou o  Programa Desenrola Brasil, editada pelo governo federal no dia 17 de julho. Não tendo sido votada pela Congresso, a MP do Desenrola perde a validade nesta terça-feira (3). O programa, que tirou de imediato da lista de inadimplentes os devedores de menos de R$ 100, permite a renegociação de dívidas com juros de 1,99% ao mês e parcelamento em 60 meses. Para não interromper o programa, o governo enviou um projeto com pedido de urgência para o Congresso Nacional, dado que a medida provisória não avançou no Congresso. O líder do governo no Congresso Nacional, senador Randolfe Rodrigues (AP), destacou que mais de 10 milhões de pessoas já renegociaram os débitos. O projeto aprovado pelos deputados também limita em 100% os juros do parcelado do cartão de crédito, que hoje está acima dos 440% ao ano. No Senado, o projeto tem como relator o senador Rodrigo Cunha (Podemos-AL). Caso aprovado nesta segunda-feira, o Desenrola segue para a sanção presidencial.   Fonte: Agência Brasil