Durante entrevista aos portais parceiros, nesta terça-feira, 2, o pré-candidato a deputado federal, Hissa Abrahão (Avante), falou sobre propostas, política e melhorias para o povo do Amazonas. Hissa Abrahão criticou os candidatos que entram na política para obter vantagens com os cargos públicos. O ex-deputado disse que em época de eleição, aparece muita gente com solução para tudo, mas que a realidade deveria ser outra. “O que mais se vê é candidato com contrato aqui e ali.

Essa não é a razão pela qual estou voltando ao cenário político, mas, para fazer uma política responsável e fazer com que muitas pessoas possam ter a oportunidade de terem seus empregos, suas casas e de serem felizes”, disse o pré-candidato.

*Parceria*

O pré-candidato comentou sobre a parceria com o prefeito David Almeida (Avante) e com a possibilidade de Manaus ter um nome com experiência na Câmara Federal. “Sou um novo com experiência, com história, com trabalhos que deram certo para o povo amazonense. Tive minhas discussões sim, mas, com debates públicos e todos seguindo uma linha de pensamento para melhoria da vida da população”, disse Hissa.

*Cultura*

De acordo com o pré-candidato, hoje, atuando no ramo da cultura, pode se credenciar como um nome que disputará o pleito como representante da cultura amazonense. “É bastante claro para mim que temos que reforçar a cultura no estado. Isso faremos com um mapeamento nos municípios amazonenses.

A partir daí, teremos uma linha de pesquisa que definirá o formato cultural para determinada localidade”, ressaltou o pré-candidato. *Economia* Hissa lembrou do processo de retenção de produtos comercializados internacionalmente por outros países no momento agudo da pandemia e do crescimento do agronegócio no Brasil, que passou a vender mais no mercado externo. “Nesse cenário, o Brasil, para valorizar o agronegócio, passou a vender para o mercado externo. No entanto, com as altas vendas, começou a faltar no mercado interno.

Com isso, quando falta no mercado interno, gera escassez, o que faz aumentar o preço. Esse ambiente econômico fez com que os produtos nas prateleiras brasileiras ficassem mais caros. Na minha concepção, faltou uma política para conter esse avanço”, explicou o pré-candidato a deputado federal. Hissa ressaltou que hoje em dia o cidadão não consegue fazer uma cesta básica com menos de R$ 1 mil e que o uso de cartão de crédito para comprar alimentos passou a ser uma rotina nos lares brasileiros.

*Políticos*

Ao comentar sobre os políticos que usam o cargo público para obter vantagens, o pré-candidato ressaltou que em toda vida pública não concorreu a uma única licitação e nem obteve bens. “Quando eu penso em ser político, é para ser político, pois tem muitos candidatos que entram no poder para obter privilégios”, disparou Hissa. O pré-candidato comentou sobre a valorização do esporte amazonense, a criação de políticas públicas e investimentos.

*Atuação*

Quando parlamentar, Hissa Abrahão buscou a liberação de recursos para o Centro de Esporte e Lazer no município de Boa Vista do Ramos, distante 270 quilômetros de Manaus, no valor de R$ 920 mil, por meio do Convênio n. 799010. De acordo com o ex-deputado, o órgão concedente foi o Ministério dos Esportes e como convenente o Município de Boa Vista do Ramos no Estado do Amazonas.

“Foi por meio de requerimento que enviamos a Indicação ao Poder Executivo, aludindo a liberação de recursos orçamentários para Centro de Esporte e Lazer no município de Boa Vista do Ramos”, ressaltou o parlamentar. Hissa Abrahão busca o retorno ao Congresso Nacional e vem articulando e conversando com lideranças na capital e no interior do Estado. *Bem votado* Nas eleições de 2018, ao disputar vaga no Senado, Hissa Abrahão obteve um total de mais de 282,7 mil votos.