TCE


A Prefeitura de Manaus, por meio de parceria firmada entre a Secretaria Municipal de Segurança Pública e Defesa Social (Semseg) e Fundação Manaus Esporte (FME), fez o lançamento, na manhã desta quarta-feira, 8/11, do projeto “Pedalando com a Melhor Idade”, que tem por objetivo ensinar, gratuitamente, pessoas idosas a andar de bicicleta.

A cerimônia de lançamento do projeto ocorreu às 8h30, no anfiteatro do parque municipal Lagoa do Japiim, na zona Sul, onde fica o prédio administrativo da Semseg. Inicialmente, o projeto tem como público-alvo as pessoas da terceira idade, mas dependendo da necessidade, poderá contemplar, também, indivíduos de distintas faixas etárias.

Neste primeiro momento, dez bicicletas Caloi, aro 29, serão utilizadas nas aulas, que devem ocorrer duas vezes na semana, às quartas e sextas-feiras, no interior do parque “Lagoa do Japiim”, gerido pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semmas).

As bicicletas, pertencentes à Semseg, possuem suspensão dianteira em alumínio, transmissão de 24 velocidades e freio a disco hidráulico, que proporcionam maior precisão na pedalada. De acordo com o titular da Semseg, Sérgio Fontes, a equipe de instrução é formada por professores de educação física com experiência em ciclismo, cedidos pela FME, e guardas municipais formados em curso de Ciclo Guarda.

“Nossa missão, determinada pelo prefeito David Almeida, é transformar esse parque em um dos melhores espaços públicos que se possa frequentar em Manaus. Esse novo projeto especialmente voltado para a população de mais idade, aquele pessoal que não teve a oportunidade de aprender a andar de bicicleta quando era jovem, irá permitir que as pessoas, mesmo na melhor idade, possam praticar esportes e tenham qualidade de vida”, argumentou Fontes.

O titular da Semseg destacou que a parceria com o diretor-presidente da FME, Alexandre Maciel, tem rendido bons frutos. Fontes recorda que, em setembro deste ano, a fundação entregou, totalmente revitalizada, a arena de artes marciais do parque, que tem sido utilizada por servidores da secretaria e frequentadores da Lagoa do Japiim para a prática de exercícios aeróbicos e Jiu-Jítsu.

“Nós estamos criando espaços de convivência para que as pessoas do entorno do parque e de outros locais da cidade possam aproveitar. Estamos muito felizes em proporcionar esse tipo de serviço à sociedade. Além de segurança, estamos proporcionando bem-estar e qualidade de vida aos frequentadores do parque”, apontou o secretário da Semseg.

Moradora do bairro Japiim, a dona de casa Edileuza Peres, 63, comemorou a iniciativa. “Eu frequento o parque há cerca de três anos e tenho acompanhado as mudanças positivas no local. Além de aulas de dança, costumo participar das excursões que os grupos da terceira idade promovem. Nunca aprendi a andar de bicicleta e fiquei animada com a ideia de poder ter essa experiência nessa idade. Todos os envolvidos estão de parabéns”, concluiu.

Foto – Altemar Alcantara / Semseg