TCE


O programa vai impulsionar as cadeias produtivas do município, abrindo um leque de oportunidades para quem atua no setor primário

O setor primário do município de Autazes (a 112 km de Manaus) ganhou um reforço a mais no incentivo à produção, a partir do “Programa Campo Forte Mesa Farta”, da Prefeitura Municipal. O prefeito Andreson Cavalcante (União Brasl) e o vice-prefeito Marcelo Tupinambá (Republicanos), comandaram o evento de lançamento, que aconteceu na manhã desta quarta-feira (29), e contou com a presença de representantes do setor que serão beneficiados.

O prefeito Andreson explicou a importância do programa, que direciona ações fundamentais para quem atua no setor primário, como forma de fomentar a economia da região, superando os desafios do ano de 2023 enfrentados pelo município.

“O programa é voltado a todos os segmentos do pequeno, médio ao grande produtor. Vamos atuar desde o processo produtivo, no incentivo à produção, distribuição de calcário, sementes, ração, mecanização agrícola, além de acompanhamento técnico. É muito amplo, tende a auxiliar produtores, pecuaristas, pescadores, piscicultores, agricultores no fomento, visando o aumento da produção e auxiliando o produtor nesse momento tão desafiador que o estado está vivendo, por conta dessa estiagem histórica, e também por conta do momento difícil que Autazes viveu nas queimadas. Vamos dar alternativas aos nossos produtores rurais e pecuaristas de não utilizarem essa técnica rudimentar que é a queimada, usando, portanto, a tecnologia, a ciência, a mecanização, insumos para melhorar sua produção sem precisar utilizar a prática de queimadas”, destacou o prefeito.

O secretário de produção do município, Denis Lima, explica que o programa vai impulsionar as cadeias produtivas do município, abrindo um leque de oportunidades para quem atua no setor primário.

“A prefeitura de Autazes, através da Secretaria Municipal de Produção, vai incentivar o produtor dentro das áreas estabelecidas, desde o princípio do preparo do solo até a comercialização de produtos, fechando um ciclo produtivo completo, tentando trazer a oportunidade de geração de emprego e renda para o setor primário, isso se estendendo para a pecuária e para a piscicultura”, disse o secretário.

Ele explicou, ainda, que no âmbito da agricultura o produtor será contemplado com a mecanização agrícola de áreas degradadas, dentre doutros benefícios. Já na piscicultura, o incentivo oportunizará alocação de horas máquinas para perfuração de tanques escavados, distribuição de alevinos e ração industrial.

 

Fonte: Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Autazes

Foto: Silas Laurentino