No quarto do líder, Scooby repercutiu a decisão de Arthur em puxar DG no contragolpe durante a formação do paredão.

“Eu não entendi. O Arthur falou que foi por essa parada de mais tempo, mas achei que foi uma coisa mais direta ele ter indicado o DG”, disse Scooby. “Também. Ele falou mais tempo na justificativa dele lá fora, mas no Confessionário…”, avaliou Gustavo.

“Eu sei, só escutei o de fora. O de fora ele usou a justificativa que foi quem ele votou há mais tempo. Eu achei que não tinha sido isso, aí depois que ele contou o que ele falou lá dentro. Aí realmente fez sentido”, comentou o surfista.

“É que, às vezes, ele leva muito para o pessoal”, disse Gustavo.

Fonte: Extra