Com apresentações dos Corpos Artísticos do Estado, dos grupos artísticos do Liceu de Artes e Ofícios Claudio Santoro e um especial de cinema com documentários sobre a história do Teatro Amazonas, a programação da segunda quinzena de novembro para eventos no patrimônio histórico já está disponível para agendamento.

As inscrições para os eventos com entrada gratuita podem ser feitas pelo Portal da Cultura (cultura.am.gov.br) ou pelo site do Teatro Amazonas (teatroamazonas.com.br). Para acesso ao espaço cultural é obrigatório o uso de máscaras e a apresentação do comprovante de vacinação contra a Covid-19. Confira a programação:

Dia 16, terça-feira, às 20h

A programação inicia com a Orquestra de Câmara do Amazonas com o espetáculo “Sonatas de Rossini e Carlos Gomes” com regência do maestro Marcelo de Jesus. O espetáculo é livre para todos os públicos e tem entrada gratuita.

Dia 17, quarta-feira, às 19h

Em comemoração ao aniversário de 125 do Teatro Amazonas, no dia 17, haverá o “Cine Teatro 125 Anos”. Na ocasião serão apresentados os documentários “Teatro Amazonas – Um Documentário de Roberto Kahane”, com abordagens históricas desde a construção da casa de ópera e os personagens importantes que contribuíram para a obra fomentada pelo ciclo econômico da borracha; e também “Teatro Amazonas – Um Documentário de Aurélio Michiles”, que conta a história da obra que mescla com a urbanização que a cidade de Manaus passava na época. Classificação indicativa livre e entrada gratuita.

Dia 18, quinta-feira, às 20h

Em seu último concerto do ano de 2021, a Amazonas Filarmônica apresenta “Música de Câmara: Mozart e Weber”. O concerto inicia com o breve e elegante Quarteto para flauta n.1 de Mozart. Em seguida, cinco músicos amazonenses – todos frutos do Liceu Claudio Santoro – tocam o Quinteto para clarinete, do alemão Carl Maria von Weber.

Classificação indicativa livre e entrada gratuita.

Dia 19, sexta-feira, às 20h

Integrantes dos grupos artísticos do Liceu de Artes e Ofícios Claudio Santoro sobem ao palco para uma apresentação muito especial com dança e música. A Orquestra Jovem Cláudio Santoro se apresenta com um repertório abrangente, do erudito ao popular, desde as composições clássicas de Vilvadi às trilhas sonoras de sucessos como de Indiana Jones e Harry Potter.

Logo depois o Balé Jovem apresentará o espetáculo “Cinder(Ela)”, que busca expor ações do cotidiano feminino com leveza e humor, sem perder a seriedade do diálogo sobre o protagonismo de resistência da mulher e suas conquistas.

Classificação indicativa livre e entrada gratuita.

Dia 21, domingo, às 19h

No domingo, o Corpo de Dança do Amazonas (CDA) apresenta o espetáculo “TA – Sobre ser grande”. Esta performance abriu o tradicional Festival de Dança de Joinville no início de outubro. O CDA reúne 21 bailarinos no palco para representar a tribo da etnia Tikuna e expressar o sentimento de ser do Norte. O DJ Marcos Tubarão é o responsável pela trilha sonora da apresentação.

Classificação indicativa livre e entrada gratuita.

Dia 22, segunda-feira, às 20h

O Ballet Álvaro Gonçalves apresenta o espetáculo “Viva a Dança”, em uma homenagem a dança e seus diversos significados em uma inspiradora sincronia cheia de evolução e arte. O espetáculo está com os ingressos esgotados.

Dia 24, quarta-feira, às 20h

Orquestra de Câmara do Amazonas (OCA) com a regência do maestro convidado, Hilo Carriel, apresentará o espetáculo “B^4”, com repertório de compositores clássicos como J.S. Bach, Béla Bartok, Samuel Barber e Benjamin Britten.

Classificação indicativa livre e entrada gratuita.

Dia 25, quinta-feira, às 20h

A Orquestra de Violões do Amazonas (Ovam) sobe ao palco com um espetáculo em homenagem ao maestro Adelson Santos, idealizador e primeiro regente titular do grupo. O repertório é composto por obras que foram executadas e marcaram a trajetória da Ovam sobre a regência do maestro Adelson.

Classificação indicativa livre e entrada gratuita.

Dia 28, domingo, às 19h

Encerrando a agenda de novembro de eventos, “A Selva/Devorar” é um espetáculo que reúne dança e teatro, inspirado no livro de Ferreira de Castro “A Selva”, a performance reunirá 15 bailarinos e 4 atores, todos de Manaus. O evento tem entrada gratuita e classificação livre.

Com informações da assessoria