InícioTECNOLOGIADesenvolvimento Sustentável na Amazônia: Uma Sinergia entre Ciência, Tecnologia e Política

Desenvolvimento Sustentável na Amazônia: Uma Sinergia entre Ciência, Tecnologia e Política

“Políticas arrojadas e realistas são fundamentais para orientar o desenvolvimento sustentável. Essas políticas devem ser baseadas em evidências científicas sólidas e adaptadas às necessidades e realidades locais. A ciência pode oferecer soluções inovadoras para problemas antigos, como a exploração de recursos naturais de maneira sustentável”.

À Zona Franca de Manaus é a única modalidade econômica que gera 500 mil empregos sem precisar desmatar a Amazônia, uma região de imensurável biodiversidade e potencial econômico em que o mundo nos aplaude por harmonizar o desenvolvimento socioeconômico com a sustentabilidade ambiental. Economia é ecologia. Porém, este programa de acertos, não conseguiu, apesar de suas robustas contribuições aos cofres públicos, levar para o interior o desenvolvimento socioeconômico de que é capaz.
Este ensaio põe em pauta um desafio de como a Amazônia pode se tornar um eixo vital para a reindustrialização do Brasil e, ao mesmo tempo, contribuir para a interiorização socioeconômica, alavancada por políticas arrojadas e realistas e uma forte colaboração entre atores públicos e privados.

Programas, projetos e vontade política

Juntos e misturados, o setor público e o setor privado podem pactuar iniciativas de sinergias capazes de integrar o polo industrial de Manaus com os outros setores da economia, como o de Comércio e Serviços e o Setor Primário.
Neste primeiro semestre de 2024, seremos sede da 5ª Conferência Nacional de Ciência, Tecnologia & Inovação, programada para junho de 2024. Este será um momento estratégico e obrigatório para juntar programas, projetos e vontade política para pautar a diversificação, adensamento e regionalização da economia de acertos da indústria d@ Zona Franca de Manaus.

Potencialidades regionais

A Amazônia é rica em recursos naturais, diversidade biológica e cultural. Esta riqueza oferece um vasto leque de oportunidades econômicas, incluindo a bioindústria, ecoturismo, e agricultura sustentável.
Para explorar esses recursos de forma sustentável, é crucial implementar práticas de desenvolvimento que preservem a integridade ecológica da região. Afinal, os serviços ambientais que prestamos ao país e ao clima do planeta são nossa moeda mais forte.

Ciência, Tecnologia & Inovação

A sigla C.T.I., é a senha necessária para abrirmos os caminhos de uma nova era para o país a partir da Amazônia e do Amazonas e seu portfólio de indústria da transformação, comprovadamente aquele que mais agrega tecnologia ao desafio da reindustrialização.
De certa forma, este pode ser o melhor fio condutor da 5ª Conferência de C.T.I. E um momento singular para mobilizar cientistas, políticos e empresários para discutir a construção de uma plataforma adequado para o futuro da Amazônia que queremos e que trará benefícios inesperados ao país.
Os escaninhos acadêmicos e de pesquisa tropical de nossas instituições estão abarrotados de soluções que a humanidade e o mercado estão demandando.

Política, Sustentabilidade e Sociedade

Vale destacar que este momento, entre vários benefícios, pode envolver, enfim, a Bancada Parlamentar da Amazônia para que possamos fortalecer os potenciais únicos de nossa região, promovendo uma indústria integral e integrada que respeite as peculiaridades econômicas, socioambientais e culturais.
Políticas arrojadas e realistas são fundamentais para orientar o desenvolvimento sustentável. Essas políticas devem ser baseadas em evidências científicas sólidas e adaptadas às necessidades e realidades locais. A ciência pode oferecer soluções inovadoras para problemas antigos, como a exploração de recursos naturais de maneira sustentável.

Atores Públicos e Privados

A colaboração entre o governo, empresas e comunidades locais é essencial, ou seja, a premissa da qual depende todo o desenvolvimento posterior. Só assim podemos garantir que a interiorização da economia seja inclusiva e benéfica para todos.
O setor privado, em particular, tem um papel crucial a desempenhar, trazendo investimentos, tecnologia e expertise para a região. E mais: emprestando sua autoridade em gerar riqueza e oportunidades com suas metodologias produtivas.

Desafios Históricos e Futuro Sustentável

A história da Amazônia é marcada por desigualdades e exploração inaceitável. O Ciclo da Borracha se baseou em concentração da riqueza e no descaso com o investimento em qualificação tecnológica dos trabalhadores e inovação para beneficiamento e industrialização regional.

Superar esses desafios históricos exige um compromisso com a justiça social e ambiental. Projetar um futuro sustentável para a Amazônia significa criar oportunidades econômicas que também preservem sua biodiversidade e cultura.

Legado para o Brasil e para o Planeta

A Amazônia tem o potencial de se tornar um modelo de desenvolvimento sustentável, impulsionando a reindustrialização regional e do Brasil de maneira responsável e inovadora.
Ciência, Tecnologia & Inovação sempre será uma instrumentação mágica e efetiva, além de uma oportunidade segura para definir a diversificação, adensamento e regionalização do desenvolvimento que exige a colaboração contínua e comprometida de todos os atores envolvidos.

Com políticas públicas amparadas pela C.T.I e uma abordagem inclusiva e sustentável, a Amazônia pode transformar suas riquezas naturais em um legado duradouro para o Brasil e o Planeta.

 

 

Fonte: Fieam

Foto: Divulgação



Artigos Relacionados

LEIA MAIS