TCE


Manaus – Mais de 850,8 mil vagas serão disponibilizadas na rede pública de ensino do Amazonas para o ano letivo de 2024. Destas, 272 mil vagas serão para novos alunos, sendo 201,8 mil para a rede estadual e 70,2 mil para a rede municipal de ensino na capital.

O calendário de matrículas foi divulgado nesta quinta-feira (14) e inclui os processos de rematrículas automáticas, reordenamentos, transferências, matrícula de novos alunos e atendimento a retardatários.

As rematrículas automáticas iniciam na próxima segunda-feira (18), e seguem até o dia 4 de janeiro, com um processo realizado pelas próprias escolas. Após esse período, ocorrerá o encaminhamento do reordenamento (de todos os ensinos), no dia 5/1. Os pais ou responsáveis terão que confirmar o reordenamento nos dias 8 e 9 de janeiro, nas novas escolas dos alunos.

O reordenamento é destinado aos discentes cuja escola atual não oferece continuidade de ensino. Esse processo já está em curso, por meio da Gerência de Pesquisa e Estatística (Gepes) da Secretaria de Estado de Educação e Desporto Escolar (Seduc) e da Gerência de Matrículas da Secretaria Municipal de Educação (Semed).

O próximo passo é referente à transferência e matrícula de alunos com deficiência, que têm prioridade de atendimento, baseada na Lei 13.146 – Estatuto da Pessoa com Deficiência, que acontece nos dias 10 e 11 de janeiro. Após as prioridades, as transferências seguem com os demais estudantes que já são da rede pública do Amazonas, no período de 12 a 16/1. Esse procedimento poderá ser feito on-line, por meio do site das matrículas (https://matriculas.am.gov.br), ou presencial nas mais de 1,1 mil escolas das redes estadual e municipal de Manaus.

Novos alunos

O processo de matrícula para novos alunos e o processo de transferência, tanto da rede estadual quanto da municipal, também poderão ser realizados de forma online pelo https://matriculas.am.gov.br, onde deverá ser feito um cadastro prévio; ou presencial, nas escolas públicas.

Entre 10 e 11 de janeiro, serão realizados os atendimentos para alunos com deficiência (de todos os ensinos); e de 17 a 19 de janeiro, de todos os demais alunos novatos.

Vagas

Para o ano letivo 2024, a rede estadual de ensino ofertará 558.273 vagas, tanto na capital quanto no interior. A estimativa é de que 356,4 mil vagas sejam de rematrículas e reordenamentos, e 201,8 mil de novos estudantes. Já na rede municipal da capital, a Semed rematriculará 222.316 discentes e ofertará 70.248 novas vagas, podendo chegar a 292.564 estudantes matriculados.

Canais de atendimento

A Seduc disponibiliza, em caso de dúvidas, os seguintes canais de comunicação: 0800 092 5050; WhatsApp: 800 092 5050; e o e-mail: [email protected]. Na Semed, os canais de atendimento são os e-mails [email protected] e [email protected].

Login

Outra novidade do processo de matrículas é que, a partir do dia 4 de janeiro, os pais ou responsáveis também poderão acessar o sistema utilizando login e senha do portal de serviços do governo federal, o gov.br.

De acordo com o gerente de Sistemas da Prodam, Abel Neto, a equipe técnica fez a associação do cadastro do sistema de matrículas ao cadastro do gov.br, acrescentando mais uma maneira de realizar o login.

“O que fizemos foi vincular as contas dos usuários do nosso sistema ao portal do governo federal, de modo que todos os dados permaneçam os mesmos. Mas, quem não quiser aderir ao gov.br poderá acessar o site normalmente com o login e senha do site de matrículas”, explica.

Cadastro

Para os alunos novatos na rede pública de ensino, a primeira etapa para solicitar a matrícula é o cadastro on-line dos responsáveis, que já pode ser feito no site. Basta inserir o nome, e-mail e CPF do responsável. O sistema enviará um código para a caixa de entrada do e-mail informado e esse código deve ser inserido na tela de cadastro inicial. Só depois dessa etapa será possível dar seguimento ao cadastro do responsável e do aluno.

Com informações da assessoria